55 11 5571.2525
OK

  • Home > 
  • Escolha o seu Roteiro > 
  • América do Sul > 
  • 86enezuela > 
  • Pacotes de viagens para Venezuela com especialistas > 

Pacotes de viagens para Venezuela com especialistas

Localizada no extremo norte da América do Sul, a Venezuela faz fronteira com a Colômbia, a oeste, com o Brasil, ao sul, com a Guiana, ao leste e com o Mar do Caribe, ao norte. É um país de muitas paisagens. O rio Orinoco divide a Venezuela em duas regiões distintas: ao norte, está o mar do Caribe, com suas praias exuberantes, os andes, e o Pantanal. Ao sul, está a Floresta Amazônica e a savana verde. Enquanto o norte é colonizado, o sul permanece selvagem.

No Mar do Caribe, ao norte da cidade de Caracas, encontra-se o Arquipélago de Los Roques, com suas praias de areias brancas e águas cristalinas. Ao sul do Orinoco, está uma das regiões mais fascinantes do país: a Grande Savana e Canaima. Localizada no sudeste, no Estado de Bolívar, esta região apresenta montanhas com cumes aplainados (chamados "tepuyes"), de onde podem ser vistas quedas d'água espetaculares, como o Salto Angel, a maior queda d'água do mundo, com uma altura aproximada de 1000 metros.

O ponto mais alto da Venezuela é o Pico Bolívar, com uma altura de 5.002 m.s.n.m. Através do teleférico que vai da cidade de Mérida até o Pico do Espelho, chega-se próximo dele. A Venezuela também possui desertos e dunas (os médanos). No centro do país, as planícies cobrem uma grande área, com imensos platôs de beleza ímpar. No país, encontra-se uma fauna rica e diversificada. As aves tropicais (como os tucanos, os flamingos ou as araras - chamadas de guacamayas), os mamíferos, os répteis (crocodilos e cobras) e seus peixes enchem os olhos dos visitantes.

onde fica


Visualizar Cia Eco - Viagens de Experiência em um mapa maior

viajante Cia Eco

O desejo de conhecer Los Roques já existia há uns três anos quando ouvi relatos de conhecidos que já tinham ido. De lá para cá li algumas reportagens em revistas e bastante dicas em blogs de viagem, o que foi imprescindível. Além disso juntei as minhas necessárias para ir do Brasil até Caracas e assim diminuir os custos.

[veja mais]

Saídas regulares

Isla Margarita - 5 dias

Personalize o seu roteiro com a consultoria Cia Eco!
Saídas diárias
 
Consulte valores com nossa equipe

Los Roques - Caribe Venezuelano - 7 dias

Caracas, Los Roques
Saídas diárias
 
Consulte valores com nossa equipe

Los Roques - Mergulho - 7 dias

08 mergulhos embarcados
Saídas diárias
 
Consulte valores com nossa equipe

Los Roques - 7 dias

Caracas e Los Roques
Saídas promocionais
 
Consulte valores com nossa equipe
*Os preços nessa página – a partir de – estão listados em reais, dólares americanos ou euros (conforme especificação).
A taxa sobre transações/remessas internacionais (IRRF) não está inclusa no valor dos pacotes.
A tabela completa com todos os valores, de acordo com o período da viagem, encontra-se disponível em cada roteiro. Clique no título para visualizar todas as informações.
Os preços estão sujeitos à alterações sem aviso prévio. Consulte tarifas especiais para os feriados e datas comemorativas.


Principais Atrações

Andes venezuelanos: a Venezuela tem em uma de suas extremidades a cordilheira dos Andes. Com vários picos que ultrapassam os 4.000 metros, os andes venezuelanos são formados por paisagens de montanhas, páramos, lagoas (restos de antigos glaciares), vales e povoados, onde os frailejones são a única formação vegetal que sobrevive às variações de temperatura e à altitude. O porto de entrada para conhecê-los são as cidades de Mérida, Táchira e Trujillo.

Trujillo:
chamada também de cidade portátil, por ter mudado de lugar algumas vezes, possui um belo patrimônio histórico e um dos monumentos mais altos da América do Sul: a Virgem da Paz. É um dos pontos de entrada para os Andes e também capital do estado de mesmo nome.

Boconó:
conhecida como cidade-jardim, é cercada de bosques e encanta pelas suas ruas, praças e igrejas. Localiza-se em meio a montanhas, no estado de Trujillo, onde são vistos esquilos e amoreiras. O Museu Trapiche é o grande atrativo urbano da cidade.

Museu Trapiche:
uma jóia arquitetônica de fins do século XIX, essa antiga fazenda da família Clavo Carrillo foi restaurada e tombada como patrimônio histórico. Esse museu conta a história do café, da família Clavo Carrillo e o cotidiano dos empregados e dos patrões que lá viveram.

La Teta de Niquitao: localiza-se a noroeste da Cordilheira Andina, abrange os municípios de Boconó e Urdaneta, no estado de Trujillo. As alturas variam de 3.200 a 4.006 m.s.n.m., no ponto mais alto do estado. Na região, encontram-se numerosas lagoas de origem glacial. Entre as aves, encontra-se a águia real.

Mérida:
além de ser um excelente centro para se visitar os Andes, é um lugar muito interessante por ser um dos centros intelectuais do país. As atrações da cidade são a Catedral, a Praça Bolívar, a Praça de Touros e seus parques. O maior atrativo, entretanto, é o teleférico, que vai da cidade até o Pico do Espelho, a uma altitude de 4.600 metros. Esse teleférico tem o maior trajeto e também é o mais alto do mundo. No caminho de Mérida para o Páramo La Culata, ficam muitos restaurantes, hotéis e pousadas.

Páramo La Culata:
a luz da montanha, a neblina e as casas pitorescas desta região andina meridenha fazem com que trechos desse trajeto sejam quase mágicos. A piscicultura é uma das práticas locais e pode-se pescar, comprar ou se alimentar em um dos pesqueiros.

Parque Nacional de Sierra Nevada: está situado na Cordilheira de Mérida, pertencente à região andina venezuelana. Devido à sua localização montanhosa, a temperatura do parque varia muito, oscilando entre os 26°C nas áreas mais baixas até os - 5°C nas mais elevadas. As atividades mais praticadas dentro do parque são o montanhismo, observação da flora e fauna e visitas às aldeias e povoados que ficam no seu entorno.

Lagoa de Mucubají:
está bem próxima da rodovia e seu acesso se dá pelo Parque Nacional de Sierra Nevada. Este trajeto pode ser feito caminhando (10 minutos da estrada) ou de carro. No atracadouro da lagoa, é possível pescar entre março e setembro, mas o visitante precisa antes obter uma permissão junto ao Ministério da Agricultura em Mérida ou Mucurubá. Da lagoa de Mucubají parte a excursão até a Lagoa Negra, em caminhada ou à cavalo. À pé, demora entre 2 a 3 horas (ida e volta ) e requer que o visitante esteja em boas condições físicas.

Rota das Neves:
no caminho de Valera até Mérida, encontra-se o Parque Nacional de Sierra Nevada, um dos trajetos mais bonitos para se fazer no país. No caminho, pode-se conhecer as cidade de Jajó, Timotes e Cachopo. Também se conhece o Pico El Águila, o ponto mais alto de estrada do país (4.118 metros). À medida que a altitude aumenta, a vegetação rareia e só sobram nos pontos mais altos os frailejones, arbustos típicos que suportam variações de temperatura e grandes altitude. Também é conhecida a Lagoa Mucubají. O trajeto passa ainda pelo Parque de Recreação Alberto Carnevali e pelo Parque de Recreação La Mucuy, local onde se inicia trajeto para as lagoas e glaciares de La Coromoto, El Suero e Los Anteojos.

Bailadores e Páramo de la Negra: o povoado de Bailadores foi fundado em 1.578. Seu nome tem origem nos movimentos que os indígenas, que habitavam o lugar, realizavam durante os combates com os conquistadores, movimentos estes que simulavam um baile. O trajeto que vai de Bailadores até Páramo de la Negra possui uma vista extraordinária, localizado em uma das regiões mais férteis do estado. Dentre os atrativos dessa região, está o Parque Carú, onde se desfruta de um contato com a natureza e cujo atrativo principal é sua imponente cascata Bailadores, tida pela lenda local como as lágrimas eternas de Carú.

Parque Nacional de Canaima: é um dos maiores parques nacionais do mundo, com 1 milhão de hectares, criado em 1.962. Seu relevo é bem característico, localizado em um terreno de formação geológica muito antiga. Este parque tem dois setores muito diferentes. À leste, fica a Grande Savana e, à oeste, encontra-se o Salto Angel e a Laguna de Canaima, e faz divisa com o Parque Nacional de Monte Roraima no Brasil. A fauna é muito diversa, incluindo o jaguar, macacos de várias espécies, a águia, o tucano, numerosas espécies de sapos, rãs e répteis, como o camaleão e a iguana. A principal atração do parque é o Salto Angel, mas além de toda a diversidade e peculiaridade, ainda existem vestígios de povos pré-hispânicos, da etnia indígena Pemón e seus subgrupos.

Grande Savana: a Grande Savana está dentro do parque Nacional de Canaima. Constitui uma das maiores atrações turísticas do país, com vistas que não se encontram em nenhuma outra parte do mundo. Um dos pontos que mais chama atenção na Grande Savana é o "tepuy", montanha com o topo plano e paredes verticais. A mais alta é o conhecido Monte Roraima, que também tem parte de seu território no Brasil e na Guiana. A Grande Savana é uma zona pouco povoada. Nela, encontram-se algumas missões como a de Kavanayen e, ao sul, está Santa Elena de Uairen, o último povoado antes de se chegar à fronteira com o Brasil.

Salto Angel: na porção ocidental do Parque Nacional de Canaima, está um dos montes mais conhecidos, o de Auyantepuy, de onde nasce a queda de água mais alta do mundo: o Salto Angel (979 metros). O atrativo foi batizado, pelos indígenas da zona, os Pemones, com o nome de Churún Merú. Ele pode ser visto por um passeio aéreo, mas o trajeto mais proveitoso é através de uma caminhada.

Laguna Canaima:
bem próximo ao Salto Angel, encontra-se um dos lugares mais fabulosos do país, a Laguna Canaima. Dessa lagoa, podem ser vistos os saltos Hacha, Wadaima, Golondrina e Ucaima e, ao fundo, vários tepuyes. É possível navegar até a Ilha de Anatoly, de onde se pode ver os saltos do Sapo e do Sapito.

Caracas: com uma população de aproximadamente 4 milhões de habitantes, Caracas é a capital do país e a cidade mais opulosa da Venezuela. Localizada perto da costa marítima, Porto de Guaíra, está a uma altura de mais de 800 metros, razão principal de seu clima bastante agradável. Caracas é também um grande centro cultural. Podem ser visitados o Museu de Arte Contemporânea Sofia Imber, a Galería de Arte Nacional e o Museu de Arte Colonial de Caracas - Quinta Anauco. A cidade possui diversos parques, entre os quais se encontra o Parque Nacional de Ávila, com um mirante magnífico para a cidade.

Ilha de Margarita:
é conhecida pela qualidade de suas praias. Está rodeada delas e são para todos os gostos: praias calmas e praias onde se surfa, extensas ou pequenas, badaladas e sossegadas, com vento ou sem vento e dentre tantas praias é possível fazer uma visita ao Parque Nacional Laguna de La Restinga, uma das maiores atrações da ilha.

Los Llanos: são extensas savanas que se perdem no horizonte, onde se encontra uma diversidade de ecossistemas. Nesta região, são duas as grandes estações: a da chuva e a da seca. Na primeira, os bosques de galeria, os caños e as savanas, cheias de palmas, corozos, merecures e samanes ficam floridos. Na segunda, o verde transforma-se em amarelo e marrom, o pó cobre quase tudo e a vida se extingue na maior parte da região para concentrar-se em uns poucos focos onde há água. A melhor época é o verão, que estabelece o período de nascimento das espécies e o local fica cheio de vida. Destacam-se entre os animais: manatis, toninhas, chiguires, veados, sapos, raposas, gatos monteses, babas, caimanes e cobras de água e diferentes espécies de macacos.

Los Roques: é um arquipélago, situado no Mar do Caribe, a 168 Km ao norte de Guairá, o porto de Caracas. Por sua beleza e importância ecológica foi declarado parque nacional em 1972. Para chegar até lá, tomam-se vôos comerciais de Caracas para Porlamar (Margarita) e Maracaibo. O arquipélago consta de 50 ilhas diferentes. A mais importante é a Gran Roque, a única povoada e onde está localizado o aeroporto. As outras ilhas importantes são: Francisqui, Nordisqui, Madrisqui e Crasqui. O que faz de Los Roques um lugar extraordinário é o mar tranqüilo, a presença de lagoas, praias de areias brancas com corais e águas cristalinas.

Parque Nacional Morrocoy: no Estado de Falcón, a noroeste da Venezuela, entre as cidades de Tucacas e Chichiriviche. Este parque ocupa tanto o continente quanto o mar do Golfo Triste, formado por grande número de pequenas ilhas. As praias de Morrocoy são espetaculares e ideais para mergulhadores pois apresentam corais e várias espécies de peixes. A região oriental do Parque possui praias espetaculares, dentre elas, a Praia Colorada, que recebe este nome pela cor especial de suas areias, e a Praia Medina, situada na península de Paria, considerada como uma das mais belas do país.

Dicas

Vacinas: É exigida a vacina contra febre amarela, que deverá ser tomada pelo menos dez dias antes da viagem.

Documentos: Passaporte com validade mínima de 6 meses. Não é exigido nenhum tipo de visto para brasileiros, mas apenas um cartão de ingresso que normalmente é oferecido pela própria companhia aérea durante o vôo. Ao chegar, certifique-se de ter o passaporte e o cartão de ingresso carimbados, pois eles poderão ser exigidos em algum outro momento.
Importante: Segundo informações do Consulado Boliviano, é obrigatória a apresentação do passaporte com validade mínima de seis meses no caso de viagens onde os passageiros entram na Bolívia a partir de um país que não é o de origem do passageiro. Somente em roteiros com vôo direto de São Paulo a La Paz, o RG é suficiente.


Melhor Época

O período sem chuvas na Venezuela vai de final de Novembro até início de Maio. É mais agradável viajar nessa época do ano, principalmente se o turista procura fazer longas caminhadas, trilhas e outras atividades ao ar livre. Vale ressaltar, no entanto, que algumas cachoeiras impressionam mais pelo volume de água no período de chuvas (maio a novembro. Outubro é mais chuvoso).
As temperaturas podem chegar até 32ºC e os meses mais quentes são Fevereiro e Março.

Cia Eco - Agência de Viagens e Turismo
Rua Sena Madureira, 515 - Vila Mariana
São Paulo/SP - CEP 04021-051
Fone: 55 11 5571.2525 | E-mail: comercial@ciaeco.tur.br
Cadastur: 26.010039.10.0001-7
Acesse nossas redes sociais
Empresa Associada

INTERNACIONAIS


África

África do Sul
Botsuana
Cabo Verde
Etiópia
Madagascar
Marrocos
Moçambique
Namíbia
Quênia
Tanzânia
Tunísia
Uganda e Ruanda
Zâmbia e Zimbábue

África do Norte e Oriente Médio

Egito
Irã
Israel
Jordânia
Líbano
Omã

América Central e Caribe

Anguilla - Caribe
Antígua e Barbuda - Caribe
Aruba - Caribe
Bahamas - Caribe
Barbados - Caribe
Bonaire - Caribe
Costa Rica
Cuba
Curaçao - Caribe
Guatemala
Ilhas Virgens Britânicas - Caribe
Jamaica
Panamá
Porto Rico
República Dominicana
Santa Lucia - Caribe
St Barths - Caribe
St Maarten - Caribe
Turks e Caicos - Caribe

América do Norte

Alasca
Califórnia
Canadá
Havaí
México
Parques Nacionais Americanos
Rota da Música

América do Sul

Amazônia Peruana
Bariloche e Villa La Angostura
Buenos Aires
Colômbia
Cordilheira Blanca
Cuzco e Machu Picchu
Deserto de Atacama e Altiplano
Galápagos
Ilha de Páscoa
Lago Titicaca, Arequipa e Colca
Lagos Andinos
Lima
Mendoza
Nazca, Ica e Paracas
Patagônia Argentina
Patagônia Chilena
Península Valdés
Pucón
Quito, Cuencas e Avenida dos Vulcões
Salar de Uyuni e Altiplano
Salta e Jujuy
San Martín de los Andes
Santiago do Chile
Ski na Argentina
Ski no Chile
Trujillo e Chiclayo
Uruguai
Ushuaia
Venezuela

Antártida

Antártida

Ásia e Extremo Oriente

Bali
Butão
Camboja
Cazaquistão
China
Filipinas
Índia
Indonésia
Japão
Laos
Malásia
Mongólia
Myanmar
Nepal
Sri Lanka
Tailândia
Tibet
Uzbequistão
Vietnã

Europa

Alemanha
Armênia
Azerbaijão
Bélgica
Croácia
Escandinávia
Espanha
Finlandia
França
Geórgia
Grécia
Islândia
Itália
Leste Europeu
Portugal
Reino Unido
Rússia
Rússia - Copa do Mundo 2018
Suiça
Turquia

Ilhas do Índico

Ilha Mauritius
Ilhas Maldivas
Ilhas Seychelles

Oceania

Austrália
Nova Zelândia

Tahiti e Pacífico Sul

Ilhas Fiji
Tahiti e suas ilhas


NACIONAIS


Centro Oeste


Goiás

Chapada dos Veadeiros

Mato Grosso do Sul

Bonito
Pantanal Sul

Mato Grosso

Alta Floresta
Chapada dos Guimarães
Pantanal Norte
Serra do Roncador


Nordeste


Alagoas

Litoral Alagoano

Bahia

Abrolhos
Chapada Diamantina
Ilha de Boipeba
Itacaré
Morro de São Paulo
Península de Maraú
Praia do Forte
Trancoso e Ponta do Corumbau

Ceará

Jericoacoara
Litoral Cearense

Maranhão

Chapada das Mesas
Lençóis Maranhenses e Rota das Emoções
São Luis

Paraíba

Litoral Paraibano
Vale dos Dinossauros e Sertão da Paraíba

Pernambuco

Fernando de Noronha
Litoral Pernambucano

Piauí

Serra da Capivara

Rio Grande do Norte

Litoral Rio Grande do Norte

Norte

Acre

Acre

Amazonas

Amazônia

Pará

Alter do Chão
Belém
Ilha de Marajó

Roraima

Monte Roraima

Tocantins

Jalapão


Sudeste


Minas Gerais

Estrada Real
Serra da Canastra
Serra do Cipó e Inhotim

Rio de Janeiro

Litoral do Rio de Janeiro

São Paulo

Petar e Eldorado


Sul


Paraná

Foz do Iguaçu
Ilha do Mel e Morretes
Reserva Ecológica do Sebuí

Rio Grande do Sul

Aparados da Serra e Cânions do Sul
Travessia Cassino-Chui

Santa Catarina

Florianópolis e Costa das Esmeraldas
Urubici e Serra Catarinense