55 11 5571.2525
OK

  • Home > 
  • Escolha o seu Roteiro > 
  • América do Sul > 
  • 67hile > 
  • Pacotes de viagens para Pucón com especialistas > 

Pacotes de viagens para Pucón com especialistas

Pucón está localizado entre o Lago Villarrica e o Vulcão Villarrica, em uma paisagem incrível da região dos Lagos Andinos. Próximo, encontram-se dois parques nacionais, destacando-se o Huerquehue, e uma reserva, que protegem bosques centenários, diversos rios (onde se pratica rafting) e o próprio vulcão, propício para atividades de trekking e esqui. Bem próximo ainda existem muitas termas que podem ser visitadas até à noite.

Confira as principais atrações: Parque Nacional Huerquehue, Lago Tinquilco, Vulcão Villlarica, Rafting no Rio Trancura, Montain bike - Ojos del Caburga, Termas de Huife, Termas de Los Pozones, Termas de Menetúe, Termas de Panqui, Termas de Palguin, Termas de San Luis.

onde fica


Visualizar Cia Eco - Viagens de Experiência em um mapa maior

viajante Cia Eco

Em Abril desse ano fiz uma viagem inesquecível para Pucon por sugestão da carinhosa Hayla.

Começou pelo hotel com cara de pousada familiar chamado Malaluhe:uma graça, aconchegante e próximo ao centro.

[veja mais]

Saídas regulares

Pucón - Hacienda Vira Vira Hotel - 4, 5 e 6 dias

Promoção: fique 5 noites pague 4
Saídas diárias até fevereiro de 2018
Valor a partir de
US$ 1.585,00 parte terrestre
Validade: fevereiro de 2018

Pucón - 5 dias

City tour Villarica, Tour Cuevas Vulcânicas
Saídas diárias até dezembro de 2017
Valor a partir de
US$ 658,00 parte terrestre
Validade: dezembro de 2017

Pucón Aventura - 7 dias

City tour Villarica, Tour Cuevas vulcânicas, Caburgua, Termas de Huife, Cavalgada Huepil Malal ou Antilco
Saídas diárias até dezembro de 2017
Valor a partir de
US$ 1.272,00 parte terrestre
Validade: dezembro de 2017

Pucón e Puerto Varas - 7 dias

Pucón, Termas de Huife, Puerto Montt, Puerto Varas, Vulcão Osorno
Saídas diárias até abril de 2018
Pagamento em 10x
Valor a partir de
US$ 828,00 parte terrestre
Validade: abril de 2018

Lagos Andinos - Estilo & Charme - 9 dias

Hotéis: Antumalal, Diego de Almagro e Puelche
Saídas em datas específicas
 
Consulte valores com nossa equipe

Lagos e Pucón - 10 dias

Puerto Montt, Puerto Varas, Pucón, Villarica
 
Consulte valores com nossa equipe

Destinos conjugados

Pucón e Santiago - 8 dias

Personalize o seu roteiro com a consultoria Cia Eco!
Saídas diárias até dezembro de 2017
Valor a partir de
US$ 926,00 parte terrestre
Validade: dezembro de 2017

Travessia Pucón a San Martin de los Andes - 7 dias

Santiago, Reserva Natural de Huilo Huilo
Saídas em datas específicas
 
Consulte valores com nossa equipe

Viagem de bicicleta

Lagos Chilenos Biking - 7 dias

Pucón e Pueto Varas
Saídas em datas específicas
 
Consulte valores com nossa equipe
*Os preços nessa página – a partir de – estão listados em reais, dólares americanos ou euros (conforme especificação).
A taxa sobre transações/remessas internacionais (IRRF) não está inclusa no valor dos pacotes.
A tabela completa com todos os valores, de acordo com o período da viagem, encontra-se disponível em cada roteiro. Clique no título para visualizar todas as informações.
Os preços estão sujeitos à alterações sem aviso prévio. Consulte tarifas especiais para os feriados e datas comemorativas.


Principais Atrações

Parque Nacional Huerquehue: existem diversas opções de trilhas no Parque Nacional Huerquehue. A principal dura aproximadamente 5 horas de caminhada, que tem um trecho de subida de 1h30. Na entrada do parque, encontra-se a lagoa Tinquilco e um dos lugares mais bonitos dessa região. O visual é imperdível, destacando-se os bosques de araucárias milenares, cascatas, riachos e uma floresta bordeada por mais 3 lagos (Verde, Toro, Chico).

Lago Tinquilco:
localizado na entrada do Parque Nacional Huerquehue. O lago Tinquilco pode ser observado através dos mirantes espalhados por toda subida e caminhada até os lagos Verde e Toro. Um visual de beleza incomparável.

Vulcão Villlarica: localizado a 15 Km de Pucón, é o vulcão símbolo da cidade e um dos mais ativos da América do Sul. Oferece boa neve para se esquiar no inverno e uma excelente caminhada até o cume no verão.  É possível visitá-lo e conhecer as cuevas formadas pela lava.

Ascensão ao vulcão Villa Rica: com altitude de 2.847 metros, esta ascensão é um trekking que pode ser realizado por qualquer pessoa que apresente um bom preparo físico. Para muitos, esta é a aventura máxima em Pucón: chegar ao cume, observar essa impressionante cratera com lava em ebulição, virar para o outro lado e se deparar com a visão de mais seis vulcões (Lanín, Quetrupillán, Osorno, Llaima, Choshuenco e Lonquimay) e mais 6 lagos (Villa Rica, Caburgua, Calafquén, Huilipilún, Neltume e Panguipulli). É necessária a utilização de roupas apropriadas, que são fornecidas pelas operadoras locais.

Cratera do vulcão Villa Rica: assim que se chega o cume do vulcão, ainda ativo, pode-se observar essa impressionante cratera com lava em ebulição.

Centro de Esqui e Snowboard: localizado na encosta do Vulcão Villa Rica. O centro de ski de Pucón é único pela sua privilegiada paisagem às margens do Lago Villarrica e pela figura imponente do vulcão. Em Pucón, pode-se esquiar em excelentes pistas, ou, aproveitando as características topográficas do vulcão, praticar o snowboard em seus "halfpipes" naturais (canaletas na montanha próprias para esta prática). São aproximadamente 50 Km de pistas. Algumas são excelentes para a prática de snowboard. Uma superfície esquiável num total de 1.200 hectares.

Descida do vulcão Villa Rica: são duas horas escorregando pelas canaletas e caminhos formados pela neve. Existe a necessidade de utilizar roupas apropriadas que são fornecidas pela operadora local.

Rapel no Salto El Claro: o Salto fica a caminho do Vulcão Villa Rica, onde pode-se observar antigos rios de lava. O Salto El Claro é uma cascata de 84 metros. Esta atividade dura aproximadamente 5 horas. 

Cavalgada Circuito las Cascatas:
é uma saída que se faz de Pucón em direção ao rancho no Campo Pioneiro. Segue-se até as Termas de Palguín, cruzando o rio El Leon, com subida aos cerros de Palguín Alto e descida em caminhada até o Salto El Diablo, maior cascata da região, com 120 metros de queda dágua.

Kayaking e Ducky no rio Liucura: para se chegar ao rio, é feita uma saída de Pucón em direção ao Salto Carileufú, onde são vistas as águas cristalinas do Rio Liucura. Rema-se por aproximadamente 1 hora em águas tranqüilas, com a oportunidade de se aprender algumas técnicas para enfrentar os rápidos, classe II e III. Logo em seguida, no rio Trancura, encontram-se correntes que obrigam a manobrar os Kayaks entre árvores e ramas. O visual continua incrível e o lugar é excelente observatório de aves nativas, como a Bandurria. Duração aproximada de 6 horas.

Rafting no Rio Trancura: existem duas opções para a descida do rio. Descendo a parte baixa do Rio Trancura, que por seu baixo índice de dificuldade (classes II e III), oferece uma singular possibilidade para os que desejam se iniciar nesta agradável modalidade. O percurso tem duração aproximada de 1h30. O rafting na parte alta do Rio Trancura oferece um grau maior de dificuldade (classes III e IV) do que a encontrada na parte baixa do rio e tem a duração aproximada de 2h. Existe a opção de realizar os dois trechos no mesmo dia.

Montain bike - Ojos del Caburga: saída de Pucón em direção ao Rio Trancura, por um caminho que traz como cenário o próprio Rio Trancura, o Rio Liucura, os vulcões Villarica, Quetrupillán e Lanín, conhecendo os Ojos, e seguindo até o Lago Caburga. São 40 km de percurso total.

Termas: nos arredores de Pucón existem algumas opções de termas para todos os gostos. A natureza estendeu a esta área várias nascentes de águas quentes. São termas simples, rústicas e com pouca infra-estrutura, equipadas de cabanas, campings e diversos tipos de piscinas. Todos os centros termais estão entre belas paisagens, rodeadas de montanhas, a mais ou menos 30 Km de Pucón. O ideal é visitar as termas em dias nublados e frios, assim é mais adequado fazer banhos de águas quentes. Também com chuva é interessante ir as termas, e algumas admitem visitas noturnas. No verão, o local fica muito cheio e as vezes é limitado o tempo de uso das piscinas.

Termas de Huife: localizado a 33 km de Pucón, na Região da Araucanía, próxima do rio Liucura. Oferece duas grandes piscinas externas de águas termais a 40° C, uma piscina de água fria, banhos termais individuais, massagens terapêuticas ou de relaxamento e uma sauna. Disponibiliza restaurante de cozinha internacional e uma cafeteria. Possui 6 apartamentos com dois ambientes, de frente para o rio, com capacidade para quatro pessoas, equipadas de cama king size, varandas, frigobar, TV via satélite, calefação a lenha e a gás e banheiro privativo.

Termas de Los Pozones: localizado a 35 km de Pucón, no Valle del Rio Liucura. Famoso por seus pozones naturais e seu estilo rústico. Existe uns cinco pozones de diferentes tamanhos e temperaturas, variando entre 30 e 42ºC. O rio Liucura corre junto das termas, o que torna possível trocar de temperatura por alguns minutos no rio. As instalações são básicas, com banheiros, mas sem outras acomodações. São muito concorridas à noite.

Termas de Menetúe: localizado somente a meia hora de Pucón, no coração da Patagônia e em plena Cordillera dos Andes. As Termas de Mentúe são um local que integra charmosos jardins, 40 hectares de bosque nativo, envolta da Lagoa Ancapulli. Disponibiliza ótimas instalações, como: amplas piscinas de águas termais para adultos e crianças, poços termais de águas em diferentes temperaturas, para uma ou duas pessoas. Possui cabanas na área da Lagoa Ancapulli, equipadas de cozinha, geladeira, calefação a lenha e Tv  via satélite. Oferece um restaurante e cafeteria, em estilo rústico.

Termas de Panqui: localizado a 58 Km de Pucón, nas montanhas, próxima de Curarrehue. Centro termal e terapêutico alternativo em meio à natureza. Oferece duas piscinas grandes de 37ºC, dois poços mais quentes e outro com barro termal. Existe a possibilidade de passar a noite em um rústico hostal ou em tipis (carpas no estilo dos índios sioux), equipados com camas. Adiante há um restaurante de comida vegetariana. Periodicamente são realizados cursos de massagens e afins, e retiros espirituais.

Termas de Palguin: localizado ao lado do Río Palguín, a 31 Km de Pucón. O mais antigo centro termal da área conta com águas ricas por suas qualidades terapêuticas. Há diferentes banhos de águas que contém minerais, como potássio e lítio. Disponibiliza cabines individuais com diferentes temperaturas, mas também há uma piscina ao ar livre de temperatura moderada. Possui alguns quartos onde oferece hospedagem e alimentação.

Termas de San Luis: localizado a 27 Km de Pucón. Uma extensa área de bosques e rios. Reconhecido por sua qualidade em águas termais, bom serviço e boa infra-estrutura. O Termas de San Luis é ideal para descansar e praticar atividades em contato com a natureza em família ou individualmente. O local disponibiliza sauna, bar, restaurante com cozinha tradicional chilena, jogos infantis, cavalgadas, excursões e cabanas.

Dicas

Bagagem: são permitidas 1 mala com até 20 Kg por passageiro e 1 sacola de mão de até 8 Kg. Lembre-se de identificá-las e fechá-las com cadeados.

Documentação: Para brasileiros, não há necessidade de visto para a entrada na Argentina. O único documento exigido é a Carteira de identidade em bom estado de conservação, foto recente e no máximo 10 anos de emissão (a contar com a data de embarque). Não são aceitas para embarque: Carteira Nacional de Habilitação ou carteiras emitidas por entidades de classe (CREA, OAB, CRM). Se levar o passaporte, deixe sempre guardado no cofre do hotel e ande com sua carteira de identidade original.

Idioma: Espanhol

Moeda: Peso Chileno. Para ter uma idéia do valor do câmbio, você pode consultar: www.cotacao.com.br.

Gastronomia: pratos preparados com salmão pescado na região do Pacífico são uma boa opção gastronômica em Pucon. Também existem diversas opções de restaurantes que servem saborosos mariscos e peixes da região como trutas, congrio, entre outros. Existem algumas cafeterias e lojas com acesso à internet.

Fuso horário: Pucón está 1 hora a menos em relação a Brasília. Durante horário de verão, o Chile está duas horas a menos que o Brasil.

Energia Elétrica: 220V

Embaixada: contato da embaixada do Chile no Brasil: 55 (61) 2103-5151 / 2103-5114. Fax: 55 (61) 3322-2966.

Alfandêga Brasileira: ao desembarcar no Brasil, são permitidos objetos de uso pessoal, roupas e brinquedos e U$500 em eletrônicos, mais U$500 de Free Shop.

Dica:
compre um mapa da região (Entel, nº 7) assim que chegar no vilarejo. É vendido nas lojas La Tetera e Travelsur e custa aproximadamente U$7,00. Será muito útil. O verão é ideal para aproveitar todas as atividades de aventura. Se você gosta de tomar sol e praticar windsurf (há também aulas para iniciantes), esta é a melhor época para as atividades no lago Villarrica.

Ligações para o Brasil: para realizar chamadas a cobrar, utilize os códigos do Chile: 800360220 da Entel, ou 800800272 da Telefônica, depois escolha o idioma no qual deseja ser atendido e por último escolha uma das opções de ligação:
1- Ligações automáticas;
2- Ligações com cartão telefônico;
3- Ligações com auxílio de operador.

Cuidados: Antes de viajar, confira a previsão do tempo (http://br.weather.com) e o check list que será entregue após a confirmação de sua viagem. Em caso de dúvidas, por gentileza, entre em contato com os consultores da Cia Eco

Equipamentos específicos para Esqui:
- ROUPAS: uma peça (macacão) ou duas (jaqueta e calça). Devem ser totalmente à prova de água e vento. Existem tecidos modernos que isolam o corpo, preservam a temperatura interna e facilitam a ventilação.
- LUVAS: um dos acessórios mais importantes. Existem na versão com dedos separados e aquelas que só tem um espaço separando o polegar. O importante é que sejam bem quentes, IMPERMEÁVEIS, e que o punho seja longo e possa ser bem ajustado para impedir que a neve entre. Para quem sente muito frio, o ideal é usar ainda uma luva de fleece por baixo.
Meias: atualmente exploram materiais que preservam o calor e facilitam a ventilação, impedindo que os pés transpirem e fiquem úmidos. Além de quentes, devem ser anatômicas e com proteções para as diferentes partes e articulações dos pés, reduzindo a chance de lesões. Existem meias específicas para a prática de esqui que podem ser adquiridas em lojas especiais, mas uma boa meia de caminhada já é suficiente.
- BOTAS: se você já é um esquiador relativamente freqüente, as botas são o primeiro equipamento mais caro que se deve comprar. O par de botas precisa estar bem confortável e adaptado aos pés, o que facilita muito a vida do esquiador. Vale a pena alugar uma bota de qualidade superior e pagar um pouco mais caro. Experimente vários modelos. As botas podem ser ajustadas e em geral, é necessário palmilha. Para alugar, procure alugar em lojas próximas às pistas, pois caso tenha que trocar, será fácil.
- ESQUIS: os mais largos são bons para neve bem fofa e esqui fora de pista. Os mais estreitos, com margens bem afiadas, são bons para esquiar em pistas duras e cobertas de gelo. Há também esquis para corrida e manobras radicais. Se você não for especialista, vale optar por esquis mais versáteis, que se adaptam bem a qualquer terreno. Como no caso das botas, vale a pena alugar esquis de qualidade superior e pagar um pouco mais caro.
- BASTÕES (poles): ajudam o esquiador a aprimorar sua técnica, em especial na hora de fazer as curvas e impor um ritmo. Para saber se o tamanho está correto, segure o bastão e apóie a ponta no chão. A flexão do braço deve ficar num ângulo de 90º.
Capacete: deve sempre ser usado, por questão de segurança. Por fora, deve ser rígido e por dentro, deve estar preparado para absorver e reduzir um eventual impacto. Use um gorro por baixo, para esquentar.
- ÓCULOS DE ESQUI (googles): protegem a região dos olhos do vento, do frio e do sol (escolha um com proteção UVA e UVB) e melhoram bastante a visibilidade. Imprescindível! Óculos de sol não servem quando tem neblina, está nevando ou faz frio.

Obs.: Para quem não possui equipamentos ou roupas específicas, há locais para aluguel ou compra no próprio centro de esqui, ou se preferir, pode adquirir na loja Rossignol, a única especializada em esqui no Brasil. Endereço: Rua Brigadeiro Luís Antônio, 1343 - 5º andar - Fone: 3177-6664. Lembramos que as promoções não encontram-se no site, somente na loja. Visite: www.rossignol.com.br


Melhor Época

O período entre novembro a abril é bastante indicado para aqueles que preferem praticar as atividades de aventura, principalmente a ascensão ao vulcão Villarica, que deve ser realizada com o tempo aberto. O rafting também é indicado neste mesmo período.
Já para quem gosta de esquiar, o melhor período é durante o inverno, entre julho e agosto.

Cia Eco - Agência de Viagens e Turismo
Rua Sena Madureira, 515 - Vila Mariana
São Paulo/SP - CEP 04021-051
Fone: 55 11 5571.2525 | E-mail: comercial@ciaeco.tur.br
Cadastur: 26.010039.10.0001-7
Acesse nossas redes sociais
Empresa Associada

INTERNACIONAIS


África

África do Sul
Botsuana
Cabo Verde
Etiópia
Madagascar
Marrocos
Moçambique
Namíbia
Quênia
Tanzânia
Tunísia
Uganda e Ruanda
Zâmbia e Zimbábue

África do Norte e Oriente Médio

Egito
Irã
Israel
Jordânia
Líbano
Omã

América Central e Caribe

Anguilla - Caribe
Antígua e Barbuda - Caribe
Aruba - Caribe
Bahamas - Caribe
Barbados - Caribe
Bonaire - Caribe
Costa Rica
Cuba
Curaçao - Caribe
Guatemala
Ilhas Virgens Britânicas - Caribe
Jamaica
Panamá
Porto Rico
República Dominicana
Santa Lucia - Caribe
St Barths - Caribe
St Maarten - Caribe
Turks e Caicos - Caribe

América do Norte

Alasca
Califórnia
Canadá
Havaí
México
Parques Nacionais Americanos
Rota da Música

América do Sul

Amazônia Peruana
Bariloche e Villa La Angostura
Buenos Aires
Colômbia
Cordilheira Blanca
Cuzco e Machu Picchu
Deserto de Atacama e Altiplano
Galápagos
Ilha de Páscoa
Lago Titicaca, Arequipa e Colca
Lagos Andinos
Lima
Mendoza
Nazca, Ica e Paracas
Patagônia Argentina
Patagônia Chilena
Península Valdés
Pucón
Quito, Cuencas e Avenida dos Vulcões
Salar de Uyuni e Altiplano
Salta e Jujuy
San Martín de los Andes
Santiago do Chile
Ski na Argentina
Ski no Chile
Trujillo e Chiclayo
Uruguai
Ushuaia
Venezuela

Antártida

Antártida

Ásia e Extremo Oriente

Bali
Butão
Camboja
Cazaquistão
China
Filipinas
Índia
Indonésia
Japão
Laos
Malásia
Mongólia
Myanmar
Nepal
Sri Lanka
Tailândia
Tibet
Uzbequistão
Vietnã

Europa

Alemanha
Armênia
Azerbaijão
Bélgica
Croácia
Escandinávia
Espanha
Finlandia
França
Geórgia
Grécia
Islândia
Itália
Leste Europeu
Portugal
Reino Unido
Rússia
Rússia - Copa do Mundo 2018
Suiça
Turquia

Ilhas do Índico

Ilha Mauritius
Ilhas Maldivas
Ilhas Seychelles

Oceania

Austrália
Nova Zelândia

Tahiti e Pacífico Sul

Ilhas Fiji
Tahiti e suas ilhas


NACIONAIS


Centro Oeste


Goiás

Chapada dos Veadeiros

Mato Grosso do Sul

Bonito
Pantanal Sul

Mato Grosso

Alta Floresta
Chapada dos Guimarães
Pantanal Norte
Serra do Roncador


Nordeste


Alagoas

Litoral Alagoano

Bahia

Abrolhos
Chapada Diamantina
Ilha de Boipeba
Itacaré
Morro de São Paulo
Península de Maraú
Praia do Forte
Trancoso e Ponta do Corumbau

Ceará

Jericoacoara
Litoral Cearense

Maranhão

Chapada das Mesas
Lençóis Maranhenses e Rota das Emoções
São Luis

Paraíba

Litoral Paraibano
Vale dos Dinossauros e Sertão da Paraíba

Pernambuco

Fernando de Noronha
Litoral Pernambucano

Piauí

Serra da Capivara

Rio Grande do Norte

Litoral Rio Grande do Norte

Norte

Acre

Acre

Amazonas

Amazônia

Pará

Alter do Chão
Belém
Ilha de Marajó

Roraima

Monte Roraima

Tocantins

Jalapão


Sudeste


Minas Gerais

Estrada Real
Serra da Canastra
Serra do Cipó e Inhotim

Rio de Janeiro

Litoral do Rio de Janeiro

São Paulo

Petar e Eldorado


Sul


Paraná

Foz do Iguaçu
Ilha do Mel e Morretes
Reserva Ecológica do Sebuí

Rio Grande do Sul

Aparados da Serra e Cânions do Sul
Travessia Cassino-Chui

Santa Catarina

Florianópolis e Costa das Esmeraldas
Urubici e Serra Catarinense