55 11 5571.2525
OK

  • Home > 
  • Escolha o seu Roteiro > 
  • América do Sul > 
  • Argentina > 
  • Pacotes de viagens para Ski na Argentina com especialistas > 

Pacotes de viagens para Ski na Argentina com especialistas

A Argentina é uma grande proposta turística, e a montanha associada à neve é uma de suas principais atrações.

No inigualável cenário da Cordilheira dos Andes, há importantes centros de esqui especialmente desenhados para os amantes de todo tipo de esportes invernais.

Distribuídos em várias províncias do oeste e sul do país, e rodeados de impressionantes paisagens, são destinos ideais para esquiar.

São pistas de qualidade internacional com meios de elevação e infra-estrutura de última geração. Os principiantes podem encontrar excelentes escolas de esqui, com instrutores profissionais e modernos equipamentos, e os esquiadores experientes poderão escolher pistas de diferentes níveis de dificuldades para usufruir ao máximo da incrível aventura de se deslizar pela neve.

onde fica


Visualizar Cia Eco - Viagens de Experiência em um mapa maior

Saídas regulares

Hotel Aries - Charter Interno - 8 dias

Saídas aos sábados de junho
 
Consulte valores com nossa equipe

Hotel Virgo - Charter Interno - 8 dias

Saídas aos sábados de junho a setembro
 
Consulte valores com nossa equipe

Hotel Piscis - Charter interno - 8 dias

Saídas aos sábados de junho a setembro
 
Consulte valores com nossa equipe

Hotel Escorpio - Charter interno - 8 dias

Saídas aos sábados de junho a setembro
 
Consulte valores com nossa equipe

Hotel Acuario - Charter Interno - 8 dias

Saídas aos sábados de junho a setembro
 
Consulte valores com nossa equipe

Chapelco - 8 dias

Amonite Apart & Spa e Antares Patagonia Suites
Saídas em datas específicas
 
Consulte valores com nossa equipe

San Martin de Los Andes - Luxo - 8 dias

Loi Suites Chapelco Golf Resort & Spa
Saídas às terças e sextas
 
Consulte valores com nossa equipe
*Os preços nessa página – a partir de – estão listados em reais, dólares americanos ou euros (conforme especificação).
A taxa sobre transações/remessas internacionais (IRRF) não está inclusa no valor dos pacotes.
A tabela completa com todos os valores, de acordo com o período da viagem, encontra-se disponível em cada roteiro. Clique no título para visualizar todas as informações.
Os preços estão sujeitos à alterações sem aviso prévio. Consulte tarifas especiais para os feriados e datas comemorativas.


Principais Atrações

PENITENTES
Com o cenário do imponente Aconcagua e a 2.580 metros sobre o nível do mar, se encontra o centro de esqui Penitentes. Entre os cerros Santa María, Leñas e Cruz de Caña, na rodovia internacional a Chile, está distante 167 Km da cidade de Mendoza.
Em seus 300 hectares de grande beleza natural, oferece 25 pistas com neve pó, de diferentes níveis, tanto para esquiadores como para principiantes. Quatro delas de competição homologadas pela F.I.S., setores para a prática do esqui livre e snow park. Conta com várias opções de alojamento, restaurantes, confeitarias, pubs e clubes.

LAS LENAS
Na província de Mendoza e a 2.240 metros sobre o nível do mar, encontra-se o Valle de Las Leñas, rodeado pelos cerros Torrecillas, El Collar, Ponce, Las Leñas, Entre Ríos, Martín e Los Fósiles. O mais moderno centro integral de esportes de montanha da Argentina oferece 228 hectares de grande beleza natural. As enormes montanhas cobertas pela melhor neve da região fazem de suas pistas as mais famosas para esquiadores iniciantes, intermédios e avançados.
O acesso ao Valle é direto, o que assegura menores tempos de traslado e maior divertimento. O Vale conta com diferentes opções de alojamento, restaurantes, cassino internacional e um animadíssimo clube.

CAVEAHUE
Ao noroeste da província do Neuquén, a 1.647 metros sobre o nível do mar, é situado Caviahue (“lugar de festa ou reunião”, em língua mapuche), com um ambiente de clara atmosfera e quietude.
Esta vila de montanha está localizada ao pé do vulcão Copahue e à beira do lago Caviahue. Encravada no Parque Provincial Copahue-Caviahue, de 28.300 hectares com bosques de pehuenes (araucária-araucana), lagos e lagunas, cachoeiras e afloramentos termais, oferece ao turista um espetáculo único, ao permanecer coberta de neve ainda na primavera.
Este centro turístico de esqui alpino, de fundo e estação integrada de montanha, brinda temporadas de 4 a 5 meses de neve com extensas pistas de esqui.
A 18 Km de distância, se encontram as famosas Termas de Copahue, um centro de saúde e beleza a 1.900 metros de altitude, com um singular micro-clima de ar puro e seco.

CHAPELCO
Com vista panorâmica do lago Lácar e do vulcão Lanín, Chapelco é um dos destinos mais atraentes para desfrutar da neve em todo o seu esplendor.
Este importante e exclusivo centro de esqui e de atividades de montanha está distante 20 Km de San Martín de los Andes, capital turística do Neuquén. As beiras do lago Lácar e com uma arquitetura de estilo alpino, oferece uma variada infra-estrutura hoteleira, entre albergues, cabanas, hotéis e apart-hotéis. Seus restaurantes convidam a descobrir os mais variados pratos de comida regional e típica e a desfrutar da boa gastronomia internacional. Numerosos pubs, confeitarias e um cassino lhe outorgam uma interessante vida noturna, para a perfeita combinação de esqui e divertimento.

CERRO CATEDRAL
Localizado em meio ao Parque Nacional Nahuel Huapi, rodeado de um entorno único por seus lagos e montanhas, apenas 19 Km de San Carlos de Bariloche (Río Negro), uma cidade com uma infra-estrutura de serviços hoteleiros e gastronômicos à altura do turismo internacional mais exigente. Bariloche conta com umas 22.000 camas, desde categorias mais econômicas até uma dúzia de hotéis de quatro e cinco estrelas; parte destes serviços se encontram na base do cerro. O cerro Catedral recebe durante todo o ano milhares de visitantes que aproveitam para contemplar as magníficas paisagens, praticar trekking e moutainbike no verão. No inverno, é o centro de esportes invernais mais desenvolvido da América do Sul, pelos seus 120 km de pistas e caminhos sinalizados e seus 600 hectares esquiáveis.

CERRO BAYO
Villa La Angostura, na província do Neuquén, é um dos lugares mais fascinantes do sul argentino. Rodeada de bosques naturais e á beira do lago Nahuel Huapi com suas enigmáticas baias, enfeitadas pela Cordilheira dos Andes, possui uma paisagem única.
A apenas 9 Km de Villa La Angostura se encontra Cerro Bayo, lugar ideal para usufruir os esportes de inverno. Cerro Bayo se caracteriza pela sua beleza natural e pela tranquilidade de seus moradores. No inverno concentra cada vez mais adeptos à prática do esqui e snowboard, desde principiantes até os mais experientes esportistas.
Suas exclusivas residências, apart-hotéis, hotéis, cabanas e albergues fazem deste centro de esqui, um ponto de encontro calmo e familiar, especialmente concebido para os amantes da natureza em estado puro.

LA HOYLA
Perto de Esquel, na província do Chubut, encontra-se o centro de esqui e atividades de montanha La Hoya. Recebe esse nome pela forma da montanha, que consiste num amplo circo glacial, onde todas as pistas convergem num mesmo ponto da base.
Já nos anos 30, esquiadores pioneiros da região descobriram essa atraente formação natural e começaram a freqüentar o cerro. Hoje é um lugar ideal para desfrutar do esporte e da natureza, por estar situado dentro de uma zona privilegiada, com maravilhosos lagos como o Futalaufquen e o Menéndez, no Parque Nacional Los Alerces. Em plena Patagônia, oferece também outras atrações como o passeio no tradicional trem a vapor “La Trochita”, ou bem conhecer a colônia galesa de Trevelin, onde os costumes ancestrais perduram em seus habitantes e nas famosas sobremesas e doces.
As pistas de La Hoya foram especialmente desenhadas para uso de esquiadores de todos os níveis. Contudo, a sua característica mais considerável está nas possibilidades para a prática do esqui e snowboard fora de pista, que converteram este centro em um dos melhores de América do Sul nessa disciplina.
Esquel, a 15 Km de La Hoya, é o centro de serviços em que apóia o complexo.

CERRO CASTOR
O centro de esqui Cerro Castor, com suas extensas pistas, a qualidade de seus serviços e beleza da paisagem é a montanha ideal para a aventura no fim do mundo. Encontra-se a apenas 27 Km de Ushuaia, a cidade mais austral da Terra. Situado no extremo sul da Cordilheira dos Andes, o lugar convida a desfrutar da mais fascinante geografia. Seu clima é ideal para a prática dos esportes de inverno, por contar com a melhor qualidade de neve e uma das temporadas mais extensas de América do Sul. Com meios de elevação de última geração, que permitem uma efetiva distribuição dos esquiadores na montanha, conta com 600 hectares de pista para todos os níveis.

FONTE: www.turismo.gov.ar Ministério do Turismo da Argentina

Dicas

Bagagem: são permitidas 1 mala com até 20 Kg por passageiro e 1 sacola de mão de até 8 Kg. Lembre-se de identificá-las e fechá-las com cadeados.



Documentação: Para brasileiros, não há necessidade de visto para a entrada na Argentina. O único documento exigido é a Carteira de identidade em bom estado de conservação, foto recente e no máximo 10 anos de emissão (a contar com a data de embarque), ou passaporte válido.

Vacina: Não há obrigatoriedade de nenhuma vacina específica.

Fuso Horário: Mesmo horário de Brasília, mas não há horário de verão.

Idioma: espanhol

Moeda: Peso Argentino

Cartão de Crédito: O dólar é geralmente aceito, o câmbio de divisas em moeda nacional se realiza em bancos e casas de câmbio autorizadas. Os cartões de crédito de aceitação mais frequente são: American Express, VISA, Diners e Master Card.

Gorjeta: É costume deixar 10% do valor total do serviço.

Energia elétrica: a voltagem elétrica na Argentina é 220 volts. 



Gastronomia:
▪ Puchero - Cozido típico
▪ Parrilla - Churrasco.
▪ Bife de Chourizo - Bife bem grosso e suculento.
▪ Empanadas - Os salgadinhos preferidos da Argentina, uma espécie de pastel de forno.
▪ Alfajor - Uma excelente pedida são os alfajores Havana.
▪ Facturas - Doces consumidos principalmente no café da manhã.
▪ Sorvetes - Em estilo italiano, um dos melhores do mundo (experimente o de Doce de Leite!).

Cuidados: escolha as pistas de acordo com o seu nível de prática. Existem diversas pistas para os mais variados níveis, de fácil a difícil. Siga sempre o mapa de pistas e respeite as normas de segurança e sinalização das pistas. 



Normas e Regulamentos das pistas: respeite as normas de segurança e sinalização das pistas. Não esquie fora das pistas e siga as regras de esquiador e snowboardista. 



Equipamentos específicos para Esqui:
- ROUPAS: uma peça (macacão) ou duas (jaqueta e calça). Devem ser totalmente à prova de água e vento. Existem tecidos modernos que isolam o corpo, preservam a temperatura interna e facilitam a ventilação. 

- LUVAS: um dos acessórios mais importantes. Existem na versão com dedos separados e aquelas que só tem um espaço separando o polegar. O importante é que sejam bem quentes, IMPERMEÁVEIS, e que o punho seja longo e possa ser bem ajustado para impedir que a neve entre. Para quem sente muito frio, o ideal é usar ainda uma luva de fleece por baixo. 
Meias: atualmente exploram materiais que preservam o calor e facilitam a ventilação, impedindo que os pés transpirem e fiquem úmidos. Além de quentes, devem ser anatômicas e com proteções para as diferentes partes e articulações dos pés, reduzindo a chance de lesões. Existem meias específicas para a prática de esqui que podem ser adquiridas em lojas especiais, mas uma boa meia de caminhada já é suficiente. 

- BOTAS: se você já é um esquiador relativamente freqüente, as botas são o primeiro equipamento mais caro que se deve comprar. O par de botas precisa estar bem confortável e adaptado aos pés, o que facilita muito a vida do esquiador. Vale a pena alugar uma bota de qualidade superior e pagar um pouco mais caro. Experimente vários modelos. As botas podem ser ajustadas e em geral, é necessário palmilha. Para alugar, procure em lojas próximas às pistas, pois caso tenha que trocar, será fácil. 

- ESQUIS: os mais largos são bons para neve bem fofa e esqui fora de pista. Os mais estreitos, com margens bem afiadas, são bons para esquiar em pistas duras e cobertas de gelo. Há também esquis para corrida e manobras radicais. Se você não for especialista, vale optar por esquis mais versáteis, que se adaptam bem a qualquer terreno. Como no caso das botas, vale a pena alugar esquis de qualidade superior e pagar um pouco mais caro. 

- BASTÕES (poles): ajudam o esquiador a aprimorar sua técnica, em especial na hora de fazer as curvas e impor um ritmo. Para saber se o tamanho está correto, segure o bastão e apóie a ponta no chão. A flexão do braço deve ficar num ângulo de 90º. 
Capacete: deve sempre ser usado, por questão de segurança. Por fora, deve ser rígido e por dentro, deve estar preparado para absorver e reduzir um eventual impacto. Use um gorro por baixo, para esquentar. 

- ÓCULOS DE ESQUI (googles): protegem a região dos olhos do vento, do frio e do sol (escolha um com proteção UVA e UVB) e melhoram bastante a visibilidade. Imprescindível! Óculos de sol não servem quando tem neblina, está nevando ou faz frio. 


Mais informações: use sempre protetor solar. Apesar do clima frio, o sol é forte em grande parte do dia e pode provocar graves queimaduras. Além disso, nunca consuma bebidas alcoólicas durante a prática dos esportes.


Melhor Época

A temporada de esqui tem início na segunda quinzena de junho e se estende até o começo do mês de setembro.

Cia Eco - Agência de Viagens e Turismo
Rua Sena Madureira, 515 - Vila Mariana
São Paulo/SP - CEP 04021-051
Fone: 55 11 5571.2525 | E-mail: comercial@ciaeco.tur.br
Cadastur: 26.010039.10.0001-7
Acesse nossas redes sociais
Empresa Associada

INTERNACIONAIS


África

África do Sul
Botsuana
Cabo Verde
Etiópia
Madagascar
Marrocos
Moçambique
Namíbia
Quênia
Tanzânia
Tunísia
Uganda e Ruanda
Zâmbia e Zimbábue

África do Norte e Oriente Médio

Egito
Irã
Israel
Jordânia
Líbano
Omã

América Central e Caribe

Anguilla - Caribe
Antígua e Barbuda - Caribe
Aruba - Caribe
Bahamas - Caribe
Barbados - Caribe
Bonaire - Caribe
Costa Rica
Cuba
Curaçao - Caribe
Guatemala
Ilhas Virgens Britânicas - Caribe
Jamaica
Panamá
Porto Rico
República Dominicana
Santa Lucia - Caribe
St Barths - Caribe
St Maarten - Caribe
Turks e Caicos - Caribe

América do Norte

Alasca
Califórnia
Canadá
Havaí
México
Parques Nacionais Americanos
Rota da Música

América do Sul

Amazônia Peruana
Bariloche e Villa La Angostura
Buenos Aires
Colômbia
Cordilheira Blanca
Cuzco e Machu Picchu
Deserto de Atacama e Altiplano
Galápagos
Ilha de Páscoa
Lago Titicaca, Arequipa e Colca
Lagos Andinos
Lima
Mendoza
Nazca, Ica e Paracas
Patagônia Argentina
Patagônia Chilena
Península Valdés
Pucón
Quito, Cuencas e Avenida dos Vulcões
Salar de Uyuni e Altiplano
Salta e Jujuy
San Martín de los Andes
Santiago do Chile
Ski na Argentina
Ski no Chile
Trujillo e Chiclayo
Uruguai
Ushuaia
Venezuela

Antártida

Antártida

Ásia e Extremo Oriente

Bali
Butão
Camboja
Cazaquistão
China
Índia
Indonésia
Japão
Laos
Malásia
Mongólia
Myanmar
Nepal
Rússia
Sri Lanka
Tailândia
Tibet
Uzbequistão
Vietnã

Europa

Alemanha
Armênia
Azerbaijão
Bélgica
Croácia
Escandinávia
Espanha
Finlandia
França
Geórgia
Grécia
Islândia
Itália
Leste Europeu
Portugal
Reino Unido
Suiça
Turquia

Ilhas do Índico

Ilha Mauritius
Ilhas Maldivas
Ilhas Seychelles

Oceania

Austrália
Nova Zelândia

Tahiti e Pacífico Sul

Ilhas Fiji
Tahiti e suas ilhas


NACIONAIS


Centro Oeste


Goiás

Chapada dos Veadeiros

Mato Grosso do Sul

Bonito
Pantanal Sul

Mato Grosso

Alta Floresta
Chapada dos Guimarães
Pantanal Norte
Serra do Roncador


Nordeste


Alagoas

Litoral Alagoano

Bahia

Abrolhos
Chapada Diamantina
Ilha de Boipeba
Itacaré
Morro de São Paulo
Península de Maraú
Praia do Forte
Trancoso e Ponta do Corumbau

Ceará

Jericoacoara
Litoral Cearense

Maranhão

Chapada das Mesas
Lençóis Maranhenses e Rota das Emoções
São Luis

Paraíba

Litoral Paraibano
Vale dos Dinossauros e Sertão da Paraíba

Pernambuco

Fernando de Noronha
Litoral Pernambucano

Piauí

Serra da Capivara

Rio Grande do Norte

Litoral Rio Grande do Norte

Norte

Acre

Acre

Amazonas

Amazônia

Pará

Alter do Chão
Belém
Ilha de Marajó

Roraima

Monte Roraima

Tocantins

Jalapão


Sudeste


Minas Gerais

Estrada Real
Serra da Canastra
Serra do Cipó e Inhotim

Rio de Janeiro

Litoral do Rio de Janeiro

São Paulo

Petar e Eldorado


Sul


Paraná

Foz do Iguaçu
Ilha do Mel e Morretes
Reserva Ecológica do Sebuí

Rio Grande do Sul

Aparados da Serra e Cânions do Sul
Travessia Cassino-Chui

Santa Catarina

Florianópolis e Costa das Esmeraldas
Urubici e Serra Catarinense