55 11 5571.2525
OK

  • Home > 
  • Escolha o seu Roteiro > 
  • América do Sul > 
  • 67hile > 
  • Pacotes de viagens para Deserto de Atacama e Altiplano com especialistas > 

Pacotes de viagens para Deserto de Atacama e Altiplano com especialistas

O Atacama, na região norte do Chile, é considerado o deserto mais árido do mundo, fascinando seus visitantes. Zona de tesouros arqueológicos que contam os segredos de uma civilização desaparecida, a região apresenta vales férteis, vulcões, gêiseres e uma paisagem deslumbrante. Com certeza, é um dos destinos mais incríveis do planeta.

As maiores atrações do Atacama são os salares, desertos de sal povoados por flamingos, como o Salar de Atacama ou Salar de Surise, com termas naturais. A porta de entrada da região é Calama, onde está localizada a Província de El Loa e seus geóglifos.

As caminhadas no deserto são recompensadas com deliciosos banhos termais em Chusmisa, visitas às lagoas Miñique e Miscante, e ao Valle de la Luna, com paisagens e formações impressionantes. Na região existem diversas opções de passeios de aventura, como cavalgadas, trekking e biking.

As principais cidades turísticas do norte chileno são Arica, Iquique, Calama, San Pedro de Atacama e Antofagasta. Dessas, exceto Calama e San Pedro de Atacama, todas são cidades costeiras que oferecem praias. Cada cidade proporciona acesso a uma parte do deserto, altiplano e serras. Caminhadas, etno-tours, travessias em veículos 4x4, montanhismo e arqueologia são algumas das atividades mais comuns do norte chileno.

Próximo ao limite setentrional da região, as cidades de Copiapó e La Serena proporcionam acesso aos vales transversais que se estendem de leste a oeste. São conhecidos pela produção de pisco chileno (brandy de uvas) e possuem os céus mais claros do hemisfério sul, onde se reúnem astrônomos profissionais e aficcionados de todo mundo.

onde fica


Visualizar Cia Eco - Destinos em um mapa maior

viajante Cia Eco

Chegamos da Ilha de Páscoa e Atacama extremamente felizes. A viagem foi sensacional, impossível optar pelo melhor destino. Mais uma vez foi tudo perfeito. Agradecemos à Cia Eco pelo excelente serviço prestado e parabenizamos, mais uma vez, a empresa pelo profissionalismo apresentado.

[veja mais]

Promocional

Deserto de Atacama - 6 dias

Vale da Lua, Vale da Morte, Toconao, Salar de Atacama, Lagunas Altiplânicas, Lagunas Cejar e Tubinquinche, Geysers del Tatio e Termas de Puritama
Saídas diárias até dezembro de 2017
Valor a partir de
US$ 1.150,00 parte terrestre
Validade: dezembro de 2017

Deserto do Atacama - Tierra Atacama Hotel - 4 e 5 dias

Personalize o seu roteiro com a consultoria Cia Eco!
Saídas diárias até setembro de 2018
Valor a partir de
US$ 2.100,00 parte terrestre
Validade: setembro de 2018

Deserto de Atacama - Hotel Explora - 4, 5 ou 6 dias

Personalize o seu roteiro com a consultoria Cia Eco!
Saídas diárias até abril de 2018
Valor a partir de
US$ 2.125,00 parte terrestre
Validade: abril de 2018

Saídas regulares

Deserto de Atacama - 5 dias

Valle de la Muerte de kla Luna, Salar de Atacama, Toconao, Lagunas Altiplanicas, Piedras Rojas, Geisers del Tatio, Lagunas Cejar e Tebiguinche
Saídas especiais: 19/08, 07/097, 12/10, 15/11 e 09/12/17
Valor a partir de
US$ 1.125,00  parte terrestre
Validade: dezembro de 2017

Deserto de Atacama - Cumbres Hotel e Spa - 4, 5 ou 6 dias

Personalize o seu roteiro com a consultoria Cia Eco!
Saídas diárias até fevereiro de 2018
Valor a partir de
R$ 1.269,00 parte terrestre
Validade: fevereiro de 2018

Deserto de Atacama - Alto Atacama Lodge - 4 dias

Personalize o seu roteiro com a consultoria Cia Eco!
Saídas diárias até dezembro de 2017
Valor a partir de
US$ 1.892,00 parte terrestre
Validade: dezembro de 2017

Deserto de Atacama - Awasi Atacama - 5 e 6 dias

Personalize o seu roteiro com a consultoria Cia Eco!
Saídas diárias até setembro de 2018
Valor a partir de
US$ 2.590,00 parte terrestre
Validade: setembro de 2018

Deserto de Atacama - 7 dias

Personalize o seu roteiro com a consultoria Cia Eco!
Saídas diárias até dezembro de 2017
Valor a partir de
US$ 2.010,00 parte terrestre
Validade: dezembro de 2017

Deserto de Atacama - Workshop Fotográfico - 7 dias

Calama, San Pedro de Atacama, Cordilheira do Sal, Vales da Lua e do Arco-Íris, Salar de Atacama, Lagoas, Altiplano, Geisers del Tatio e Salar de Tara
Saída especial: 14/11/17 com André Dib
Valor a partir de
US$ 3.340,00 aéreo + terrestre
Validade: novembro de 2017

Deserto do Atacama - Trekking e Biking - 8 dias

Vale da Lua, Lagunas Altiplânicas, Catarpe Rio Salado, Laguna Cejar, Vulcão Lascar, , Geiseres del Tatio
Saídas diárias até dezembro de 2017
Pagamento em 10x
Valor a partir de
US$ 1.618,00 parte terrestre
Validade: dezembro de 2017

Destinos conjugados

Chile, Bolívia e Peru - 16 dias

Deserto do Atacama, Salar de Uyuni, Potosi, Sucre, La Paz, Puno, Lago Titicaca, Cuzco, pernoite no Vale Sagrado, Machu Picchu
Saídas diárias até dezembro de 2017
Valor a partir de
US$ 5.174,00 parte terrestre
Validade: dezembro de 2017

Travessia Explora - Argentina e Chile - 10 dias

San Pedro de Atacama, Salta, Vales Calchaquies
Saídas em datas específicas
 
Consulte valores com nossa equipe

Deserto de Atacama e Salar de Uyuni - 11 dias

Valle de La Luna, Tour Arqueológico,Tour Laguna Cejar e Tembinguinche em 4x4, Lagunas Altiplanicas e Salar do Atacama, Geysers del Tatio, Uyuni, Salar de Uyuni, Ojo de Perdiz (Deserto de Siloli)
Saídas diárias até dezembro de 2017
Valor a partir de
US$ 3.228,00 parte terrestre
Validade: dezembro de 2017

Deserto do Atacama e Ilha de Páscoa - 12 dias

São Pedro de Atacama, Laguna Cejar, Ojos de Salar, Tebenquinche, Vale da Lua, Vale da Morte, Salar de Atacama, Toconao, Lagunas Altiplânicas, Geysers del Tatio, Termas de Puritama, Santiago, Ilha de Páscoa, Praia de Anakena, Cultura Perdida Rapa Nui, Ana Kai Tangata, Ranu Kau, Orongo, Ahu Akivi
Saídas diárias até dezembro de 2017
Valor a partir de
US$ 2.033,00 parte terrestre
Validade: dezembro de 2017

Salta e Atacama - 12 dias

Salta, volta aos Vales, Purmamarca, tour Arqueológico,
Vale da Lua e da Morte, Atacama, Lagunas Altiplânicas,
Geysers del Tatio, Machuca
Saídas diárias
 
Consulte valores com nossa equipe

Réveillon

Réveillon - Deserto de Atacama - Cumbres Hotel - 5 dias

San Pedro de Atacama e Deserto de Atacama
Saída especial: 29/12/17
Valor a partir de
US$ 1.862,00 parte terrestre
Validade: dezembro de 2017

Réveillon - Explora Atacama - 6 dias

Calama, Explora Atacama
Saída especial: 28/12/17
Valor a partir de
US$ 4.115,00 parte terrestre
Validade: dezembro de 2017

Réveillon - Deserto de Atacama - Cumbres Hotel - 8 dias

San Pedro de Atacama
Saída garantida: 26/12/2017
Valor a partir de
US$ 3.586,00 aéreo + terrestre
Validade: dezembro de 2017

Réveillon - Deserto de Atacama - Tierra Atacama - 8 dias

San Pedro de Atacama
Saída garantida: 26/12/17
Valor a partir de
US$ 4.858,00 aéreo + terrestre
Validade: dezembro de 2017

Feriados

Feriado - Atacamadventure - 7 dias

Valle da Lua e da Morte, Geysers Del Tatio, Machuca , Lagunas Altiplânicas, Salar do Atacama
Saída garantida: 14/11/17
Valor a partir de
US$ 2.670,00 aéreo + terrestre
Validade: novembro de 2017

Deserto de Atacama - 5 dias

Valle de la Muerte de kla Luna, Salar de Atacama, Toconao, Lagunas Altiplanicas, Piedras Rojas, Geisers del Tatio, Lagunas Cejar e Tebiguinche
Saídas especiais: 19/08, 07/097, 12/10, 15/11 e 09/12/17
Valor a partir de
US$ 1.125,00  parte terrestre
Validade: dezembro de 2017

Viagem em familia

Deserto de Atacama - Alto Atacama Lodge - 4 dias

Promoção família: tarifa especial + uma cama adicional cortesia para uma criança de até 15 anos
Saídas diárias até setembro de 2017
Valor a partir de
US$ 1.892,00 parte terrestre
Validade: setembro de 2017

Viagem em grupo

Deserto de Atacama - 5 dias

Valle de la Muerte de kla Luna, Salar de Atacama, Toconao, Lagunas Altiplanicas, Piedras Rojas, Geisers del Tatio, Lagunas Cejar e Tebiguinche
Saídas especiais: 19/08, 07/097, 12/10, 15/11 e 09/12/17
Valor a partir de
US$ 1.125,00  parte terrestre
Validade: dezembro de 2017
*Os preços nessa página – a partir de – estão listados em reais, dólares americanos ou euros (conforme especificação).
A taxa sobre transações/remessas internacionais (IRRF) não está inclusa no valor dos pacotes.
A tabela completa com todos os valores, de acordo com o período da viagem, encontra-se disponível em cada roteiro. Clique no título para visualizar todas as informações.
Os preços estão sujeitos à alterações sem aviso prévio. Consulte tarifas especiais para os feriados e datas comemorativas.


Principais Atrações

Calama: contruída em um oásis, é a maior cidade do Atacama e um dos principais pontos de partida para passeios no deserto. Pode-se conhecer um lado diferente do deserto do Atacama, com cidades fantasmas, vales férteis, pequenas vilas, ruínas incas, geóglifos e a maior mina de cobre do mundo, Chuquicamata. Próximos estão também os Geisers Del Tatio.

Catarpe:
ruínas de uma cidade administrativa inca, povo que dominou a região por 150 anos. Localizadas a 9 km ao norte de São Pedro, no Vale de Catarpe, são consideradas Monumento Arqueológico. Em suas proximidades está a capilla de San Isidro, edificada em 1913 pelo colono italianão Lucas Cenzano e ainda cuidada por seus descendentes.

Chuquicamata: maior mina de cobre do mundo “a tajo abierto” (a cova aberta), com 4,3 km de comprimento, 3 km de extensão e 850 metros de profundidade. Apesar de 90 anos de intensa exploração, esta ainda permance como um dos maiores reservatórios do planeta. Durante uma visita, é possível conhecer as diferentes etapas do processo de extração, refinação e fundição do cobre.

Feira de Artesanato em San Pedro de Atacama:
é formada de pequenas lojas com belíssimos trabalhos regionais, onde os nativos vendem agasalhos, gorros e xales (os mais comuns são feitos com lã de ovelha e de lhama, com fio mais grosso; os de alpaca possue cores variadas e textura sedosa; o de vicunha, são mais raros e caros por ser um animal selvagem). Encontram-se também peças de cacto-candelabro, como xícaras e porta-retratos.

Geisers del Tatio:
localizados a 90 quilômetros ao norte de San Pedro de Atacama e a uma altitude de 5.000 metros. As nuvens de vapor são espelidas de manhã bem cedo, a uma altura de aproximadamente 11 metros. O ideal é que o passeio a partir de San Pedro de Atacama comece por volta das 4h30 ou 5h00. Em suas proximidades há poços de águas termais onde é possível se banhar.

Igreja de San Pedro:
construída e fundada entre os séculos XVI e XVII, possui uma arquitetura típica do deserto, cujo teto é feito de pranchas de cactos presas com couro de guanaco. O local onde o padre Cristábal Diaz de los Santos rezou a primeira missa na cidade, em 1557, foi declarado monumento nacional em 1957.

Lagunas Miscanti e Miñiques:
lagoas altiplânicas, localizadas próximas à região do Salar de Atacama, a mais de 4 mil metros de altura. São parte integrante da Reserva Nacional Los Flamencos. A região fica situada a 110 Km ao sul de San Pedro de Atacama. A paisagem da área é destacada pelos vulcões Miscanti e Miñiques que, junto aos cordões montanhosos de Puntas Negras, Chuculaqui e Chaique dão forma às bacias que resultam nas lagoas. Miscanti possui uma área de 15 Km² e Miñiques, de 1,5 Km². O visual é inesquecível.

Lagoa Cejar:
uma lagoa salgada no meio do Salar do Atacama e de forte cor azul, cercada por cristais de sal, localizada a aproximadamente 30 Km de San Pedro. Devido à grande quantidade de sal dissolvido em suas águas, pode-se flutuar como no Mar Morto (da Palestina). É possível nadar na lagoa, de onde se tem uma surpeendente vista de toda a cordilheira. Ela chama a atenção pela sua cor azul turqueza e pelos cristais de sal branco nas suas margens. O passeio também pode ser feito de bicicleta.

Lagoa Chaxa: um lugar de paisagem belíssima que atrai muitos turistas o ano todo. Com a superfície salgada, é possível encontrar flamingos cor de rosa no local. A área é protegida pelo CONAF, Corporação Nacional de Florestas. O clima na região é de deserto e as chuvas de verão são freqüentes. A temperatura varia entre 17ºC e 24,5ºC.

Laguna Verde: situada a aproximadamente 4.300 m em meio a recentes formações vulcânicas, próxima ao passo de San Francisco e aos pés do vulcão Licancabur (6.200 m de altitude). Entre 12h00 e 14h00, ocorre um fenômeno no qual a lagoa muda de cor, apresentando um tom fascinante de verde. Pode-se observar o reflexo das montanhas nas suas águas em dias sem vento. Em suas proximidades existem termas que tornam suas águas um pouco mais quentes para um banho e, passada a fronteira com a Bolívia, há um vale com duas lagoas salgadas repletas de flamingos e outras aves.

Museu Arqueológico Le Paige:
fundado pelo padre belga Gustave Le Paige em 1955, o museu conta a história do povo atacamenho a partir de 10 mil anos atrás. Possui peças de ouro, cerâmica e várias múmias (de 2 mil anos), bem como armas utilizadas para caça e outras ferramentas.

Passeio de bicicleta (downhill):
a atividade começa a 4.900 metros de altura, nas encostas do vulcão Toco e desce por toda a encosta da cordilheira dos Andes até São Pedro do Atacama, com um desnivel de 2.400 metros por estradas de terra e asfalto e uma linda vista de todo o Salar, do vulcão Licancabur e Juriques. O passeio é realizado com guia e suporte de veículo.

Pukara de Quitor:
construída no século XII, com localização estratégica, na ladeira do cerro e protegida por um barranco sobre o rio, Pukara de Quitor era uma antiga fortaleza incaica que em 1540 foi ocupada pelos espanhóis. Grandes e pequenas pedras unidas com argamassa de terra foram os materiais utilizados na sua construção.

Salares:
são enormes planícies de sal, completamente brancas e que atraem centenas de aves, especialmente os flamingos. O principal é o Salar de Atacama, localizado a cerca de 55 km ao sul de San Pedro de Atacama. A região concentra espécies de flamingos e outras aves, como nhandús, gansos, patos, e também mamíferos como guanacos, vicunhas, alpacas e lhamas.

San Pedro de Atacama:
antiga cidade dos impérios Tiahuanaco e Inca, era um posto de comércio do deserto e hoje é o principal destino turístico do norte do Chile, possuindo dezenas de sítios arqueológicos. No vilarejo, encontra-se o Museu Arqueológico Padre Le Paige e outras atrações do povoado como a igreja, a Plaza de Armas e as casas de Dom Pedro de Validai, conquistador do Chile e fundador de Santiago.

Sítio Arqueológico de Tulor:
ruínas de uma vila atacamenha de 3 mil anos de idade com restos de construções e uma réplica das casas originais. Está localizado a cerca de 10 Km de San Pedro de Atacama. Hoje apenas 5% da aldeia está visível, o restante ainda continua soterrado. No ano de 2005 esta aldeia foi declarada um dos 100 sítios arqueológicos mais ameaçados do mundo.

Termas de Puritama:
localizada a 27 Km a noroeste de San Pedro de Atacama, é uma fonte termal com fluídos constantes, em que as temperaturas variam de 25 a 30º e possuem  propriedades medicinais para enfermidades reumáticas, além de dores musculares. O lago tem aproximadamente 8 metros de diâmetro e é formado pela influência das águas internas temperadas que afloram ao redor de 30º C. Esse local, antigamente visitado por aborígenes incaicos, encontra-se no caminho dos Geisers del Tatio.

Tour astronômico:
um astrônomo, com ajuda de um laser, explica as diferentes constelações, galáxias, planetas visíveis e movimentos importantes do céu, com utilização de 4 potentes telescópios. Uma experiência fascinante e instrutiva para todas as idades, no céu do deserto mais seco do mundo. Média de 300 dias de céu limpo por ano. O passeio parte de San Pedro em direção ao deserto todas as noites, melhor lugar para se observar as estrelas.

Trekking Las Cornizas:
caminhada leve de 3 horas pelo Vale de Catarpe e, depois, pelo alto de pequenas colinas, com uma visão espetacular de todo o Vale da Morte e Cordilheira de Sal. No caminho, observa-se também ruínas atacamenhas.

Trekking Machuca a Rio Grande:
caminhada de 5 a 6 horas, com intensidade média, entre os povos altiplânicos, através de caminhos usados antigamente pelos povos da região - as quebradas. A partir de San Pedro, segue-se até o vilarejo de Machuca (3.600 metros), onde o trekking tem início. Atravessando salares e descendo o Vale do Peñaliri, segue-se pela rota antiga dos índios até a cidade de Rio Grande. No caminho, parada para visita aos petróglifos de Yerbas Buenas.

Trekking Quebrada de Guatin:
caminhada de 4 horas por um lindo caminho, onde se avistam os famosos cactos gigantes que podem alcançar até 7m de altura e 70 cm de diâmetro. Localiza-se na junção dos rios Purifica e Puritama. No final do percurso, estão as termas de Puritama, onde pode-se tomar um relaxante banho termal.

Vale da Lua:
formados pelas elevações de sedimentos do lago, os cumes da Cordilheira de la Sal foram moldados pelo vento, dando origem a curiosas formações, que lembram a superfície lunar. O ideal é que se visite o local no pôr do sol para se ver o espetáculo das cores, ou em época de lua cheia.

Vila de Socaire: 
a vila está localizada a 86km de São Pedro de Atacama e 402 km a leste de Antofagasta. Fica a 3500 metros do nível do mar e é lugar perfeito para apreciar as belezas do Deserto do Atacama, sendo considerada como uma espécie de "porta de entrada" ou terraço para apreciar a paisagem. As temperaturas variam entre 17ºC e 24,5ºC e a região pode ser visitada durante o ano todo. A vila de Socaire possui boas acomodações e um artesanato local que chama a atenção dos turistas.

Vila de Toconao: a vila de Toconao está localizada na segunda região, a 38 km de São Pedro de Atacama. Foi toda construída em pedra vulcânica e é passeio imperdível para quem visita a região. Destaque para a igreja local, a praça principal e o San Lucas Camp. A agricultura e o artesanato são as principais atividades de Toconao. Pode ser visitada durante o ano todo com temperaturas variando entre 17ºC e 24,5ºC.

Vulcão Licancabur: do vilarejo de San Pedro de Atacama, é possível avistá-lo praticamente o tempo todo. A ascensão ao vulcão pode ser realizada com acompanhamento de guias locais especializados, com chegada no topo dos seus 5.916 metros de altitude.

Vulcão Lascar:
está a 5.592 metros de altura. É o exemplo mais presente de um vulcão ativo, já que sua última erupção aconteceu em 1993 e sua fumaça permanente pode ser vista de San Pedro de Atacama. A ascensão ao vulcão (atividade de nível intenso) requer aclimatação prévia e permite a observação da gigantesca cratera de 750m de diâmetro e 300m de profundidade. É imprescindível o acompanhamento de guias locais especializados em alta montanha.

Vulcão Ojos del Salado:
com 6.885 metros de altura, é o vulcão mais alto do mundo. Está numa região bastante selvagem e pouquíssimo explorada. Para chegar ao Acampamento Base da montanha, no Refúgio Universidade de Atacama (5.200 metros), a travessia do deserto é feita em veículo 4x4. A ascensão ao cume é bastante difícil, indicada a quem possui experiência. É imprescindível o acompanhamento de guias locais especializados em alta montanha.

Vulcão Sairecabur:
este vulcão está inserido na cordilheira que separa o Chile da Bolívia. Possui 6.050 metros de altura e do seu topo se tem a melhor vista do Vulcão Licancabur (seu vizinho), das lagoas andinas Verde/Blanca e de todo o vale do Salar do Atacama.

Vulcão Toco:
a ascensão ao vulcão pode ser realizada, com chegada ao topo após 3 horas de caminhada (5.604 metros de altura). É imprescindível o acompanhamento de guias locais especializados em alta montanha, apesar do nível técnico ser fácil.

Dicas

Dica Denise Santiago, Diretora da Cia Eco

Conheça o altiplano boliviano com a incrível equipe Explora. As Travessias Explora são realizadas em veículos especiais, bem equipados e com comunicação via satélite, em grupos de até seis pessoas.

A proposta deles é de fazer explorações diárias para quem quer viver novas experiências em áreas remotas de beleza única. A equipe, formada por um guia especializado, um chef e pessoal de apoio, prepara tudo de forma cuidadosa para que os hóspedes tenham muito conforto.

Se optar por viajar de forma tradicional, nós temos os melhores serviços e hospedagens à altura desses destinos incríveis. No Atacama, hospedar-se com conforto após passeios pelo deserto faz com que você tenha mais pique para o dia seguinte. Nossas indicações são o Alto Atacama Desert Lodge & Spa, o Kunza Hotel & Spa e o Tierra Atacama.

Aproveite cada momento para que a sua viagem seja a melhor! 

 

Outras dicas

Bagagem: é permitida 1 mala com 20 Kg por passageiro, além da sacola de mão de 8 Kg. Lembre-se de identificá-la e fechá-la com cadeado.

Documentação: Para brasileiros, não há necessidade de visto para a entrada na Argentina. O único documento exigido é a Carteira de identidade em bom estado de conservação, foto recente e no máximo 10 anos de emissão (a contar com a data de embarque). Não são aceitas para embarque: Carteira Nacional de Habilitação ou carteiras emitidas por entidades de classe (CREA, OAB, CRM). Se levar o passaporte, deixe sempre guardado no cofre do hotel e ande com sua carteira de identidade original.


Vacina: é obrigatório apresentar o certificado internacional de vacina contra febre amarela os passageiros que optarem por um roteiro de Deserto do Atacama conjugado com o Salar de Uyuni. Sugerimos também as vacinas anti-tétano e anti-hepatite.
Importante: Desde o dia 1º de junho de 2008, as vacinas NÃO são mais aplicadas nos postos da Anvisa em Aeroportos e Portos do Estado de São Paulo. Nestes locais serão realizadas somente trancrições de certificados nacionais para internacionais. Para mais informações e esclarecimento de dúvidas,dirija-se ao posto de saúde mais próximo ou consulte o Ambulatório de Medicina do Viajante: 55 (11) 5084-5005, na Avenida Borges Lagoa,770. É importante ligar para agendar uma visita.
Em São Paulo,o passageiro pode dirigir-se aos postos localizados nas Rodoviárias do Tietê (aberto diariamente, das 8h às 22h) e Barra Funda (aberto diariamente, das 8h às 20h).

Fuso Horário: o deserto de Atacama está 1 hora atrasado em relação ao horário de Brasília. No nosso horário de verão, o Chile está duas horas atrasado em relação ao Brasil

Idioma: oficialmente, é o espanhol. Os chilenos costumam falar muito rápido, mas estão sempre dispostos a falar devagar e entender o português.

Moeda: Peso Chileno. Para ter uma idéia do valor do câmbio, você pode consultar: www.cotacao.com.br.

Imperdível: Não perca o pôr do sol no Vale da Lua, o visual é inesquecível. Em noites de lua cheia, outra boa opção é cavalgar pelo deserto em expedições de duas horas ou até mesmo de dia inteiro. Para os amantes de trekking e biking, há várias opções de travessias pelo deserto para apreciar o visual da região! Consulte a equipe Cia Eco.

Gastronomia: a região oferece diversas opções de pratos típicos, como a cazuela (uma sopa com legumes, frango ou carne), a empanada (pastel assado de carne, frango ou legumes), além de peixes e frutos do mar dos mais variados tipos.  

Energia Elétrica: 220V

Embaixada: contato da embaixada do Chile no Brasil: 55 (61) 2103-5151 / 2103-5114. Fax: 55 (61) 3322-2966.

Alfandêga Brasileira: ao desembarcar no Brasil, são permitidos objetos de uso pessoal, roupas e brinquedos e U$500 em eletrônicos, mais U$500 de Free Shop.

Ligações para o Brasil: para realizar chamadas a cobrar, utilize os códigos do Chile: 800 360220 da Entel, ou 800 800272 da Telefônica, depois escolha o idioma no qual deseja ser atendido e por último escolha uma das opções de ligação:
1- Ligações automáticas;
2- Ligações com cartão telefônico;
3- Ligações com auxílio de operador.
 
Cuidados: a região é extremamente seca. Para quem tem problemas de pele seca ou sangramento do nariz, é recomedado usar bastante hidratante e também soro no nariz. Antes de viajar, confira a previsão do tempo (http://br.weather.com) e o check list que será entregue após a confirmação de sua viagem. Em caso de dúvidas, por gentileza, entre em contato com os consultores da Cia Eco.


Melhor Época

No Deserto de Atacama, faz sol praticamente o ano inteiro e a região pode ser visitada em qualquer época. Nos meses de inverno (junho, julho, agosto), a temperatura média é de 22ºC durante o dia e chega a 4ºC à noite. Caso o roteiro escolhido inclua ascensão aos vulcões e Geiser del Tatio, onde as altitudes variam de 3 500 a 5 000 metros, esteja preparado para vento e frio em qualquer época do ano. Durante o verão (janeiro, fevereiro e março), podem ocorrer chuvas ocasionais e a temperatura varia entre 16º C e 30º C.

A melhor época para se visitar o Altiplano Boliviano e realizar a extensão ao Salar de Uyuni é entre maio e outubro, quando não chove e costuma não haver uma nuvem no céu. De outubro a meados de dezembro, as temperaturas são mais amenas. Nas noites de junho e julho, o frio pode chegar aos 30 graus negativos. Como as altitudes no altiplano boliviano variam de 3 500 a 5 000 metros, prepare-se para vento e frio em qualquer época do ano.
De dezembro a fevereiro, a chuva pode complicar a viagem. Logo após o período de chuvas, o Salar fica coberto por uma fina camada de água que funciona como um espelho e reflete o céu sempre azul. Um verdadeiro espetáculo!

Cia Eco - Agência de Viagens e Turismo
Rua Sena Madureira, 515 - Vila Mariana
São Paulo/SP - CEP 04021-051
Fone: 55 11 5571.2525 | E-mail: comercial@ciaeco.tur.br
Cadastur: 26.010039.10.0001-7
Acesse nossas redes sociais
Empresa Associada

INTERNACIONAIS


África

África do Sul
Botsuana
Cabo Verde
Etiópia
Madagascar
Marrocos
Moçambique
Namíbia
Quênia
Tanzânia
Tunísia
Uganda e Ruanda
Zâmbia e Zimbábue

África do Norte e Oriente Médio

Egito
Irã
Israel
Jordânia
Líbano
Omã

América Central e Caribe

Anguilla - Caribe
Antígua e Barbuda - Caribe
Aruba - Caribe
Bahamas - Caribe
Barbados - Caribe
Bonaire - Caribe
Costa Rica
Cuba
Curaçao - Caribe
Guatemala
Ilhas Virgens Britânicas - Caribe
Jamaica
Panamá
Porto Rico
República Dominicana
Santa Lucia - Caribe
St Barths - Caribe
St Maarten - Caribe
Turks e Caicos - Caribe

América do Norte

Alasca
Califórnia
Canadá
Havaí
México
Parques Nacionais Americanos
Rota da Música

América do Sul

Amazônia Peruana
Bariloche e Villa La Angostura
Buenos Aires
Colômbia
Cordilheira Blanca
Cuzco e Machu Picchu
Deserto de Atacama e Altiplano
Galápagos
Ilha de Páscoa
Lago Titicaca, Arequipa e Colca
Lagos Andinos
Lima
Mendoza
Nazca, Ica e Paracas
Patagônia Argentina
Patagônia Chilena
Península Valdés
Pucón
Quito, Cuencas e Avenida dos Vulcões
Salar de Uyuni e Altiplano
Salta e Jujuy
San Martín de los Andes
Santiago do Chile
Ski na Argentina
Ski no Chile
Trujillo e Chiclayo
Uruguai
Ushuaia
Venezuela

Antártida

Antártida

Ásia e Extremo Oriente

Bali
Butão
Camboja
Cazaquistão
China
Filipinas
Índia
Indonésia
Japão
Laos
Malásia
Mongólia
Myanmar
Nepal
Sri Lanka
Tailândia
Tibet
Uzbequistão
Vietnã

Europa

Alemanha
Armênia
Azerbaijão
Bélgica
Croácia
Escandinávia
Espanha
Finlandia
França
Geórgia
Grécia
Islândia
Itália
Leste Europeu
Portugal
Reino Unido
Rússia
Rússia - Copa do Mundo 2018
Suiça
Turquia

Ilhas do Índico

Ilha Mauritius
Ilhas Maldivas
Ilhas Seychelles

Oceania

Austrália
Nova Zelândia

Tahiti e Pacífico Sul

Ilhas Fiji
Tahiti e suas ilhas


NACIONAIS


Centro Oeste


Goiás

Chapada dos Veadeiros

Mato Grosso do Sul

Bonito
Pantanal Sul

Mato Grosso

Alta Floresta
Chapada dos Guimarães
Pantanal Norte
Serra do Roncador


Nordeste


Alagoas

Litoral Alagoano

Bahia

Abrolhos
Chapada Diamantina
Ilha de Boipeba
Itacaré
Morro de São Paulo
Península de Maraú
Praia do Forte
Trancoso e Ponta do Corumbau

Ceará

Jericoacoara
Litoral Cearense

Maranhão

Chapada das Mesas
Lençóis Maranhenses e Rota das Emoções
São Luis

Paraíba

Litoral Paraibano
Vale dos Dinossauros e Sertão da Paraíba

Pernambuco

Fernando de Noronha
Litoral Pernambucano

Piauí

Serra da Capivara

Rio Grande do Norte

Litoral Rio Grande do Norte

Norte

Acre

Acre

Amazonas

Amazônia

Pará

Alter do Chão
Belém
Ilha de Marajó

Roraima

Monte Roraima

Tocantins

Jalapão


Sudeste


Minas Gerais

Estrada Real
Serra da Canastra
Serra do Cipó e Inhotim

Rio de Janeiro

Litoral do Rio de Janeiro

São Paulo

Petar e Eldorado


Sul


Paraná

Foz do Iguaçu
Ilha do Mel e Morretes
Reserva Ecológica do Sebuí

Rio Grande do Sul

Aparados da Serra e Cânions do Sul
Travessia Cassino-Chui

Santa Catarina

Florianópolis e Costa das Esmeraldas
Urubici e Serra Catarinense