EN PT
+55 11 5571-2525

Pacotes de viagens para Laos com especialistas

Laos, um dos segredos mais bem guardados da Ásia!
O misticismo das culturas orientais tem seu ponto de encontro em Laos, um país rico em religião, natureza, arquitetura e história.

Saídas regulares

Laos - 4 dias

Luang Prabang
Saídas aos domingos
 
Consulte valores com nossa equipe

Laos - 6 dias

Luang Prabang, Vientiane
 
Consulte valores com nossa equipe

Trekking em Xieng Kouang - 4 dias

Phonesavanh, Ban Tachok, Ben Keokaola, Hot Springs
 
Consulte valores com nossa equipe

Destinos conjugados

Indochina - Guia em espanhol - 14 dias

Laos: Luang Prabang, Vietnã: Hanói, Halong Bay, Hoi an, Hue, Ho Chi Min City, Cambodja:Siem Reap, Phnom Penh
 
Consulte valores com nossa equipe

Indochina - Tailândia, Vietnã, Laos e Cambodja - 18 dias

Roteiro personalizado: Bangkok, Luang Pragbang, Hanoi, Halong, Lan Ha Bay, Hoi An, Ho Chi Minh, Siem Reap
 
Consulte valores com nossa equipe

Indochina - Tailândia, Vietnã, Cambodja e Laos - 19 dias

Siem Reap, Luang Prabang, Bangkok, Bat Trang, Cu Chi, Danang, Ha Long, Hanoi, Ho Chi Minh, Hoi An, Hue
Saídas em datas específicas
 
Consulte valores com nossa equipe
*Os preços nessa página – a partir de – estão listados em reais, dólares americanos ou euros (conforme especificação).
A taxa sobre transações/remessas internacionais (IRRF) não está inclusa no valor dos pacotes.
A tabela completa com todos os valores, de acordo com o período da viagem, encontra-se disponível em cada roteiro. Clique no título para visualizar todas as informações.
Os preços estão sujeitos à alterações sem aviso prévio. Consulte tarifas especiais para os feriados e datas comemorativas.


Principais Atrações

Vientiane: localizada às margens do Rio Mekong, é a capital do Laos desde o século XV, quando foi mudada de Luang Prabang. Suas pagodas são fascinantes e a variedade de comidas apimentadas é um atrativo local sem comparação. Pode-se traduzir o nome por Cidadela da Lua. A grande stupa sagrada de Pha That Luang, o monumento mais conhecido do Laos, encontra-se na cidade, bem como outros monumentos de importância nacional.

Pha That Luang:
esse monumento de 45 metros remonta a um antigo santuário khmer, localizado a 4 Km do centro de Vientiane. É símbolo da religião budista, dominante no país, e foi reconstruído entre 1931 e 1935, depois de um abandono de mais de cem anos, ocasionado por um incêndio em 1828. A flecha da grande stupa simboliza a flor de lótus e a passagem da ignorância humana à iluminação. Na lua cheia de novembro, a maior festa budista do país é realizada no entorno do templo e uma grande feira transforma o espaço num grande centro comercial.

Parque do Buda (Suan Phut):
são muitas esculturas budistas e hindus dispostas em um campo localizado a 24 Km do centro de Vientiane. Esse parque foi construído em 1958 por Luang Pu (o venerado grande pai) Bunleua Sulilat, um iogue que decidiu fundir as mitologias, filosofias e iconografias budistas e hindus em um lugar só. Depois que abandonou o lugar para viver em Nong Khai, o governo do Laos tornou o espaço público e aberto à visitação. As estátuas são magníficas e valem a visita.

Wat Si Saket:
é um dos templos mais antigos e mais interessantes de Vientiane. Construído em 1818 pelo rei Anouvong, é o único templo que restou do incêndio de 1828. Esse templo apresenta uma arquitetura única em seu gênero e o acervo de budas do museu que fica na parte interna é muito variado.

Luang Prabang:
foi a pimeira capital do Laos, do reino de Lang Xang, e por isso é o berço da cultura lao. Considerada patrimônio da humanidade pela Unesco, hoje, o seu acervo arquitetônico é famoso pelos 32 templos e pelos monges locais. Os lugares para visitação incluem o Museu do Palácio Real, o Templo Xieng Thong, a Montanha Phousi e outros templos que ficam nas proximidades. As festas do Pimay, o ano novo lao, realizadas na metade de abril são particularmente espetaculares.

Palácio Real: construído em 1904, no período em que o país era colônia francesa ainda, o palácio serviu como morada de reis e príncipes. Transformado em museu, hoje abriga caixas de manuscritos, rochas lunares (presente do presidente Nixon) e a mais valiosa peça da coleção, o Pra Bang – a mais impressionante imagem de Buda do país, símbolo de proteção nacional.

Wat Xieng Thong:
o “Templo da Cidade Real” é o mais belo templo de Luang Prabang. Construído em 1560, pelo rei Setthathirat, a fachada é ornada por um grande mosaico que representa a árvore da vida. O mais impressionante, no entanto, é que centenas de monges, todos os dias ao alvorecer, reúnem-se para uma caminhada pelas ruas enevoadas em busca da união das almas.

Grutas de Pak Ou:
localizadas a 25 Km de Luang Prabang, na confluência dos rios Nam Ou e Mekong, as grutas ao pé das falédias calcárias guardam 4000 estátuas do Buda, em estilos e tamanhos diferentes, mas são as clássicas de Luang Prabang que mais se destacam.

Planície de jarros:
a mais enigmática atração do sudeste asiático, leva esse nome porque centenas de pedras em forma de jarro encontram-se dispersas pela região da planície. Uma das teorias é que teriam sido criadas por alguma civilização da idade do metal, possivelmente para guardar restos funerários cremados. Elas não foram moldadas com pedras do local e pesam várias toneladas, por isso é um mistério ainda como teriam parado ali.

Dicas

Vacina: é obrigatório apresentar o comprovante internacional de vacina contra febre amarela. Além disso, recomenda-se tomar também as vacinas contra Hepatite A (em duas doses, sendo que ao tomar a primeira, a pessoa já estará imune), disponível em clínicas particulares; e contra tétano e febre tifóide, disponíveis nos Hospitais Emílio Ribas, Hospital das Clínicas e Ambulatório de Medicina do Viajante da Vila Clementino. É importante informar que as vacinas devem ser tomadas com antecedência - no caso de febre amarela, até 10 dias antes da viagem - para não ser surpreendido com a falta de alguma delas na ocasião da procura nos hospitais.

- Hospital Emílio Ribas: Av. Dr. Arnaldo, 165. Atendimento de Seg. a Sex., das 12h30 às 15h. Agendar: 55 (11) 3896 1366.
- Hospital das Clínicas: Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 255. Atendimento de Seg. a Sex., das 07h30 às 15h.

Importante: Desde o dia 1º de junho de 2008, as vacinas contra febre amarela NÃO são mais aplicadas nos postos da Anvisa em Aeroportos e Portos do Estado de São Paulo. Nestes locais serão realizadas somente trancrições de certificados nacionais para internacionais. Para mais informações e esclarecimento de dúvidas,dirija-se ao posto de saúde mais próximo ou consulte o Ambulatório de Medicina do Viajante: 55 (11) 5084-5005, na Avenida Borges Lagoa, 770. É importante ligar para agendar uma visita.
Em São Paulo, o passageiro pode dirigir-se aos postos localizados nas Rodoviárias do Tietê (aberto diariamente, das 8h às 22h) e Barra Funda (aberto diariamente, das 8h às 20h).


Melhor Época

A melhor época para uma visita ao Laos é entre os meses de novembro e fevereiro, quando chove menos e não é tão quente. Essa também é a melhor época para os festivais nacionais e regionais – os bun. Se o destino são as montanhas do país, maio e julho são meses agradáveis também. Durante a estação chuvosa, que vai de julho a outubro, as estradas podem ficar intransitáveis, mas a locomoção à barco é facilitada. Os meses de dezembro a fevereiro são os de maior fluxo turístico.

Viajante Cia Eco

Beatriz Goldschmidt "A nossa viagem foi ótima e muito bem organizada. Já estamos recomendando vocês para amigos!! O Natal e Ano Novo em Hong Kong é um espetáculo!!! Cartões de Natal luminosos do tamanho dos prédios de 60 andares."