EN PT
+55 11 5571-2525

Pacotes de viagens para Pantanal Norte com especialistas

O Pantanal é a maior planície inundável do mundo, localizada na área de transição entre a floresta amazônica, o cerrado e os campos abertos do sul, formando um ecossistema único.

Com 770 km de extensão norte-sul, a beleza proporcionada pela paisagem da região fascina pessoas de todo o mundo. A vida pantaneira está em constante movimento e é regida pelo ciclo das chuvas.

O período de cheia, que vai de dezembro a abril, é responsável pela surpreendente mudança de cenário, quando a maior parte do Pantanal fica submersa, e os nutrientes trazidos pela água fertilizam os pastos e revigoram a vegetação. Nessa época, os animais se refugiam nas cordilheiras. No período de seca, as águas recuam e a flora renasce exuberante e colorida, tornando a paisagem ainda mais fantástica.

O Pantanal é especialmente representado pela abundância de sua riquíssima fauna. São aproximadamente 650 espécies de aves, encontradas por toda parte em bandos numerosos, 89 de mamíferos, 230 de peixes e 52 de répteis. Cervos do pantanal, veados campeiros, tuiuius, garças e tatus são vistos com facilidade. E até animais ameaçados de extinção, como a onça pintada e a ariranha, ainda são comuns na região, sendo o jacaré a maior atração e o animal mais evidente.

Saídas regulares

Pantanal Norte - Araras Lodge - 5 dias

Cavalgada, caminhada, passeio de barco, safári fotográfico
Saídas diárias até dezembro de 2019
Valor a partir de
R$ 5.077,00 parte terrestre
Validade: dezembro de 2019

Pantanal Norte - Fazenda Rio Mutum - 4 dias

Passeio a cavalo, passeio de barco, focagem noturna de jacarés
Saídas diárias até dezembro de 2019
Valor a partir de
R$ 3.225,00 parte terrestre
Validade: dezembro de 2019

Destinos conjugados

Pantanal Norte e Chapada dos Guimarães - 5 dias

Pousada Araras Eco Lodge, Pousada do Parque
Saídas diárias até dezembro de 2019
Valor a partir de
R$ 7.752,00 parte terrestre
Validade: dezembro de 2019

Chapada dos Guimarães, Nobres e Pantanal - 6 dias

Pousada do Parque, Pousada Araras Eco Lodge
Saídas diárias até dezembro de 2019
Valor a partir de
R$ 9.544,00 parte terrestre
Validade: dezembro de 2019

Três Ecossistemas - 8 dias

Floresta Amazônica, Chapada dos Guimarães e Pantanal
Saídas diárias até dezembro de 2019
Valor a partir de
R$ 13.367,00 parte terrestre
Validade: dezembro de 2019
*Os preços nessa página – a partir de – estão listados em reais, dólares americanos ou euros (conforme especificação).
A taxa sobre transações/remessas internacionais (IRRF) não está inclusa no valor dos pacotes.
A tabela completa com todos os valores, de acordo com o período da viagem, encontra-se disponível em cada roteiro. Clique no título para visualizar todas as informações.
Os preços estão sujeitos à alterações sem aviso prévio. Consulte tarifas especiais para os feriados e datas comemorativas.


Principais Atrações

Cavalgadas: este é o melhor meio para se explorar o Pantanal com suas áreas alagadas. Não existem trilhas definidas para os passeios a cavalo. Há um programa de acompanhamento dos peões pantaneiros. O turista observa o trabalho rotineiro dos peões enquanto conduz o gado. Para as cavalgadas é essencial vestir calça comprida, meias, chapéu, calçado fechado e usar repelente.

Caminhadas na mata:
para relaxar, observar a natureza e fauna da região. Em geral, visita-se famílias de ribeirinhos, onde você vai ouvir casos e provar uma bebida típica dos índios. 

Comitiva de gado: é a experiência de acompanhar os peões pantaneiros em sua rotina de trabalho com o gado. O viajante da Comitiva, já orientado e equipado pelos peões, pernoita em rede com mosquiteiro armada em um acampamento especialmente montado para oferecer conforto aos integrantes da comitiva, contando com um galpão telado para a instalação das redes, banheiros com duchas e cozinha com refeitório. Ao som de um violeiro e à beira de uma fogueira, o viajante descansa para prosseguir até o final de sua jornada que se encerra com um farto churrasco típico no meio do dia seguinte. Duração: à tarde do primeiro dia, pernoite em acampamento e a manhã do segundo dia.

Focagem noturna de animais:
à noite, os olhos dos jacarés brilham no escuro e se destacam ao serem iluminados pelos fachos de luz das lanternas. Você pode apreciar esse espetáculo confortavelmente instalado em barcos.

Observação de pássaros:
 você poderá contemplar as 600 espécies de pássaros da região, entre elas o tuiuiú, a ave-símbolo do Pantanal. É uma ótima ocasião para fotografar.

Pesca de Lambaris no Rio Negrinho: pescaria à moda antiga para pegar lambaris e outros peixes pequenos, usando vara de bambu, no remanso do rio Negrinho.

Pescaria de Piranhas:
pega-se as famosas Piranhas do Pantanal utilizando vara de bambu. Geralmente, é feito o tradicional "Caldo de Piranhas" com as próprias.

Safári fotográfico:
utilizando um veículo aberto o viajante pode ir até regiões mais distantes para fotografar e filmar os animais da região. Na época de estiagem esses passeios tornam-se muito mais acessíveis.

Dicas

Vacina: recomenda-se tomar a vacina contra a febre amarela pelo menos dez dias antes da viagem, além das vacinas Anti-Tetânica e Anti-Hepatite B (não obrigatórias). 
Importante: Desde o dia 1º de junho de 2008, as vacinas NÃO são mais aplicadas nos postos da Anvisa em Aeroportos e Portos do Estado de São Paulo. Nestes locais serão realizadas somente trancrições de certificados nacionais para internacionais. Para mais informações e esclarecimento de dúvidas, dirija-se ao posto de saúde mais próximo ou consulte o Ambulatório de Medicina do Viajante: 55 (11) 5084-5005, na Avenida Borges Lagoa,770. É importante ligar para agendar uma visita.

Em São Paulo,o passageiro pode se dirigir aos postos localizados nas Rodoviárias do Tietê (aberto diariamente, das 8h às 22h) e Barra Funda (aberto diariamente, das 8h às 20h).

Gastronomia: a cozinha pantaneira caracteriza-se por pratos a base de peixes da região, de couro e de escamas, tais como pintados, pacus e dourados. O menu pantaneiro inclui também o caldo de piranha, considerado afrodisíaco, e pratos com carne de jacaré. Na piracema (novembro a fevereiro), quando a pesca comercial é proibida, geralmente são servidos pescados congelados ou criados em tanques.

Leve binóculo:
é um eficiente acessório para a observação de animais, além de não os assustar.

Fotografia: não esqueça de levar máquina fotográfica, baterias, filmes ou memory stick.

Cuidados: durante os passeios tenha sempre à mão uma blusa de manga comprida e repelente, pois no final do dia, a temperatura costuma diminuir e os mosquitos atacam. Uma boa opção é tomar pílulas de vitamina B12, quatro dias antes da viagem.


Melhor Época

O cenário do Pantanal é sempre encantador e pode ser visitado o ano todo.

De maio a meados de outubro, período de estiagem, as águas recuam, a temperatura torna-se mais agradável e pode-se encontrar uma grande variedade de animais.

Outubro e novembro são os meses mais quentes e a temperatura pode chegar a 46° C. Apesar do calor, é um bom período para se observar a abundância de animais que lutam pelos espaços onde a água não baixou totalmente.

De novembro a abril, o Pantanal vive o período das cheias. A vegetação muda, as depressões são inundadas e formam lagos extensos de extrema beleza, graças às algas que ali se desenvolvem e criam matizes de verde, amarelo, azul, vermelho ou preto. A pesca é proibida entre os meses de novembro a março devido à piracema, quando os peixes sobem os rios para a desova.

Viajante Cia Eco

Iara Tonidandel Foi uma experiência ótima e com muitas aprendizagens...Da mesma forma, a condução da expedição por Lawrence Wahba foi muito proveitosa e divertida.