EN PT
+55 11 5571-2525

Pacotes de viagens para Ski no Chile com especialistas

Conhecido como um dos principais destinos de ski no mundo, o Chile foi abençoado pela sua geografia montanhosa e sabe aliar à excelência no atendimento e qualidade nos serviços.

As estações de ski, desde a zona central até o extremo sul, possuem ótima infraestrutura e recebem milhares de visitantes na temporada, entre junho e outubro.

Outra vantagem é a proximidade de algumas estações à capital, Santiago, onde é possível esquiar por apenas um dia ou hospedar-se em centros com muito conforto.

À apenas 40 km ao leste do centro de Santiago e continuando pelo relevo andino, você já encontra os mais famosos centros como Farellones, El Colorado, La Parva e Vale Nevado.

Todos eles oferecem excelentes hotéis, restaurantes, serviço de aluguel de equipamento e pistas para todos os níveis, desde os iniciantes até os mais experientes.
Farellones conta com quatro pistas e uma escola de esqui e snowboard, além de refúgios, restaurantes e hotéis.

El Colorado é famoso pelas inclinação de suas 22 pistas. Desde as pistas de La Parva é possível admirar uma incrível vista panorâmica do vale de Santiago. Além disso, adquirindo um ticket especial, é possível conectar com Valle Nevado, considerado um dos maiores e mais modernos centros de esportes invernais na America do Sul.

Portillo está localizado em pleno passo de Los Andes à Argentina, a somente 164 km ao nordeste de Santiago e é o centro de esqui com maior tradição do Cone Sul.

Encontra-se por sobre os 2.580 mt de altitude. Tem sido lugar de treinamento para equipes olímpicas européias e norte-americanas.

Já no sul, Nevados de Chillán, você poderá desfrutar de 28 pistas de esqui, nove andaríveis, hotéis e termas naturais.

Em Pucón é possível esquiar no vulcão Villarrica e na base do vulcão Llaima no centro de esqui Las Araucárias, rodeado de árvores milenares.

Mais ao sul você pode se deparar com o centro de esqui Antillanca, a 68 km de Osorno, na base do Vulcão Casablanca, localizado no Parque Nacional Puyehue. O lugar é uma mistura perfeita de esporte de inverno com águas termais. Entre os serviços do centro de esqui encontramos: alojamento, SPA, restaurante, lojas e 16 pistas para todos os níveis na prática do ski e snowboard.

Nesta região também se encontra o centro de esqui e outdoors Vulcão Osorno: teleféricos para a prática de esqui e snowboard, caminhada com raquete, snow car tour ou apenas desfrutar da bela vista do lugar .

No extremo sul, em Punta Arenas, é possível ser testemunha de um cenário único: deslocar-se pela neve olhando ao Estreito de Magalhães e se o céu está aberto, você poderá avistar a Terra do Fogo.

Fonte: www.chile.travel Portal Chileno de Turismo.

Saídas regulares

 
Consulte valores com nossa equipe
 
Consulte valores com nossa equipe
 
Consulte valores com nossa equipe
 
Consulte valores com nossa equipe

Ski Valle Nevado - Condominios Valle Blanco e Cerro Pintor - 3, 4 ou 7 noites

Saídas em datas específicas até setembro de 2019
Valor a partir de
US$ 1.377,00 parte terrestre
Validade: setembro de 2019
 
Consulte valores com nossa equipe

Ski em família - 4 dias

Hotel Termas de Chillán
Saídas especiais: 18 e 25/09/19
Pagamento em 10x
Valor a partir de
US$ 1.500,00 parte terrestre
Validade: setembro de 2019

Ski Termas de Chillán - Gran Hotel - 3, 4 ou 7 noites

Saídas em datas específicas até setembro de 2019
Valor a partir de
US$ 750,00 parte terrestre
Validade: setembro de 2019

Ski Corralco - Hotel e Spa Valle Corralco - 3, 4 ou 7 noites

Saídas em datas específicas até outubro de 2019
Valor a partir de
US$ 810,00 parte terrestre
Validade: outubro de 2019

Valle Nevado Panorâmico - 4 dias

Santiago, Centro de Ski Valle Nevado
Saídas segunda a sextas de julho a setembro de 2019
Pagamento em 10x
Valor a partir de
US$ 913,00 parte terrestre
Validade: setembro de 2019

Ski em Portillo - 4 dias

Santiago, Centro de ski El Portillo
Saída diárias de junho a setembro de 2019
Pagamento em 10x
Valor a partir de
US$ 1.080,00 parte terrestre
Validade: setembro de 2019

Ski e Vinho em Santiago - 6 dias

Centro de Ski La Parva, vinícola Concha y Toro com degustação, Centro de Ski El Colorado, Centro de Ski Valle Nevado
Saídas darias de julho a setembro de 2019
Pagamento em 10x
Valor a partir de
US$ 2.290,00 parte terrestre
Validade: setembro de 2019
*Os preços nessa página – a partir de – estão listados em reais, dólares americanos ou euros (conforme especificação).
A taxa sobre transações/remessas internacionais (IRRF) não está inclusa no valor dos pacotes.
A tabela completa com todos os valores, de acordo com o período da viagem, encontra-se disponível em cada roteiro. Clique no título para visualizar todas as informações.
Os preços estão sujeitos à alterações sem aviso prévio. Consulte tarifas especiais para os feriados e datas comemorativas.


Dicas

Bagagem: são permitidas 1 mala com até 20 Kg por passageiro e 1 sacola de mão de até 8 Kg. Lembre-se de identificá-las e fechá-las com cadeados.



Energia: a corrente elétrica do complexo é 220 volts. 



Normas e Regulamento: respeite as normas de segurança e sinalização das pistas. Não esquie fora das pistas e siga as regras de esquiador e snowboardista. 



Segurança: escolha as pistas de acordo com o seu nível de prática. Existem diversas pistas para os mais variados níveis, de fácil a difícil. Siga sempre o mapa de pistas.



Fuso Horário: o Chile está 1 hora a menos em relação a Brasília. Mas no nosso horário de verão, está duas horas a menos que o Brasil.



Ligações para o Brasil: para realizar chamadas a cobrar, utilize os códigos do Chile: 800360220 da Entel, ou 800800272 da Telefônica, depois escolha o idioma no qual deseja ser atendido e por último escolha uma das opções de ligação: 

1- Ligações automáticas; 

2- Ligações com cartão telefônico; 

3- Ligações com auxílio de operador.



Visto: para brasileiros, não há necessidade de visto para a entrada no Chile. O único documento exigido é a Carteira de identidade em bom estado de conservação, foto recente e no máximo 10 anos de emissão (a contar com a data de embarque), ou passaporte válido.

Equipamentos específicos para Esqui:
- ROUPAS: uma peça (macacão) ou duas (jaqueta e calça). Devem ser totalmente à prova de água e vento. Existem tecidos modernos que isolam o corpo, preservam a temperatura interna e facilitam a ventilação. 

- LUVAS: um dos acessórios mais importantes. Existem na versão com dedos separados e aquelas que só tem um espaço separando o polegar. O importante é que sejam bem quentes, IMPERMEÁVEIS, e que o punho seja longo e possa ser bem ajustado para impedir que a neve entre. Para quem sente muito frio, o ideal é usar ainda uma luva de fleece por baixo. 
Meias: atualmente exploram materiais que preservam o calor e facilitam a ventilação, impedindo que os pés transpirem e fiquem úmidos. Além de quentes, devem ser anatômicas e com proteções para as diferentes partes e articulações dos pés, reduzindo a chance de lesões. Existem meias específicas para a prática de esqui que podem ser adquiridas em lojas especiais, mas uma boa meia de caminhada já é suficiente. 

- BOTAS: se você já é um esquiador relativamente freqüente, as botas são o primeiro equipamento mais caro que se deve comprar. O par de botas precisa estar bem confortável e adaptado aos pés, o que facilita muito a vida do esquiador. Vale a pena alugar uma bota de qualidade superior e pagar um pouco mais caro. Experimente vários modelos. As botas podem ser ajustadas e em geral, é necessário palmilha. Para alugar, procure em lojas próximas às pistas, pois caso tenha que trocar, será fácil. 

- ESQUIS: os mais largos são bons para neve bem fofa e esqui fora de pista. Os mais estreitos, com margens bem afiadas, são bons para esquiar em pistas duras e cobertas de gelo. Há também esquis para corrida e manobras radicais. Se você não for especialista, vale optar por esquis mais versáteis, que se adaptam bem a qualquer terreno. Como no caso das botas, vale a pena alugar esquis de qualidade superior e pagar um pouco mais caro. 

- BASTÕES (poles): ajudam o esquiador a aprimorar sua técnica, em especial na hora de fazer as curvas e impor um ritmo. Para saber se o tamanho está correto, segure o bastão e apóie a ponta no chão. A flexão do braço deve ficar num ângulo de 90º. 
Capacete: deve sempre ser usado, por questão de segurança. Por fora, deve ser rígido e por dentro, deve estar preparado para absorver e reduzir um eventual impacto. Use um gorro por baixo, para esquentar. 

- ÓCULOS DE ESQUI (googles): protegem a região dos olhos do vento, do frio e do sol (escolha um com proteção UVA e UVB) e melhoram bastante a visibilidade. Imprescindível! Óculos de sol não servem quando tem neblina, está nevando ou faz frio. 


Mais informações: use sempre protetor solar. Apesar do clima frio, o sol é forte em grande parte do dia e pode provocar graves queimaduras. Além disso, nunca consuma bebidas alcoólicas durante a prática dos esportes.


Melhor Época

A temporada de esqui tem início na segunda quinzena de junho e se estende até o começo do mês de outubro, quando a probabilidade e quantidade de neve são maiores. A maior parte das estações possui máquinas que fabricam neve, portanto a prática do esqui e outros esportes de neve é garantida.