EN PT
+55 11 5571-2525

Expedição Fluvial Rio Arapiuns e Tapajós - Privativo - 5 dias

Praias fluviais, floresta e comunidades

Uma expedição pelo Tapajós e Arapiuns explorando praias, floresta, comunidades, penínsulas, ilhas, pontais que só podem ser visitados por meio de uma viagem fluvial. Imagine você desfrutando as praias do Tapajós as quais representam o sonho de quem percorre o mundo em busca de refúgios naturais e inexplorados. Que tal caminhar e deixar suas pegadas em extensões de areia brancas e finas banhadas por águas transparentes? Navegar é preciso e seu primeiro percurso pelo Rio Tapajós será rumo a ponta do Jarí, um canal natural de ligação entre o Rio Tapajós (águas claras) e o Amazonas (águas barrentas), o visual é impressionante! Ao entardecer tenha um momento de contemplação e ouça uma sinfonia sagrada de uma revoada de pássaros. A navegação continua pelo Rio Arapiuns para chegar até a comunidade Urucureá onde descendentes indígenas fazem os famosos trançados de palha de tucumã como cestos e artesanatos. Perto desta comunidade há uma trilha que cruza a península até o rio Amazonas, um refúgio de macacos, esquilos, cotias, papagaios, tucanos entre outros. Quanta beleza! O próximo destino será a Floresta Nacional do Tapajós. Caminhe pela Selva Amazônica e abrace árvores centenárias, aprenda sobre o manejo florestal sustentável e a forma de vida das comunidades ribeirinhas. Viva uma experiência incrível, faça uma expedição fluvial!

Roteiro


1º Dia – Origem / Santarém – Alter do Chão
Apresentação no aeroporto com 2 horas de antecedência para embarque com destino a Santarém. Chegada ao aeroporto de Santarém, recepção e traslado para a vila de Alter do Chão, para acomodação. Restante do dia livre para atividades independentes.
               
2º Dia – Alter do Chão: Lago Verde, Rio Tapajós, Ponta do Jarí, Rio Arapiuns e Comunidade de Urucureá
Café da manha no hotel e saída as 08h30min para embarque. Navegação pelo rio Tapajós até a ponta do Jarí, um canal natural de ligação entre o Rio Tapajós (águas claras) e o Amazonas (águas barrentas). A ponta do Jarí é uma aérea inundada e dormitório de papagaios e garças, a revoada pode ser observada ao entardecer ou amanhecer, dependendo do período do ano é possível a observação de jacarés. À tarde desvio para o Rio Arapiuns, jantar e pernoite na comunidade de Urucureá, que é uma comunidade de descendentes de índios.
 
3º Dia – Barco Regional: Comunidade de Urucureá, Patacho, Rio Arapiuns, Rio Tapajós e Floresta Nacional de Tapajós.
Café da manhã a bordo do barco regional, em horário predeterminado, saída para um pequeno passeio na comunidade, visitando o modo de vida dos comunitários, os famosos trançados de palha de tucumã como cestos e artesanatos que são vendidos pelos índios. Após a visita a comunidade, o passeio continua por uma trilha em que se cruza a península até o rio Amazonas (chamado PATACHO). Há possibilidade de encontrar macacos, esquilos, cotias e pássaros como papagaios, tucanos entre outros. A tarde retorno para o barco para almoço, descanso e banhos nas praias fluviais. Entre as 17:00 e 18:00 navegação pelo rio Arapiuns e cruzaremos com o Rio Tapajós, esse trecho de navegação dura em torno de 6 horas. O jantar será servido durante a viagem, pernoite na Floresta Nacional do Tapajós.
 
4º Dia – Alter do Chão: Comunidade de Maguary e Comunidade de Jamaraquá (FLONA)
Café da manhã a bordo do barco Guarany, em horário predeterminado, saída para visita a comunidade de maguary, localizada dentro da Floresta Nacional de Tapajós. Caminhada na Selva Amazônica com suas árvores centenárias (4 a 5 horas de trilhas). A comunidade faz parte do projeto de apoio ao manejo florestal sustentável da Amazônia, o passeio propicia ao visitante conhecimento sobre a utilização dos recursos naturais pelas populações ribeirinhas. A comunidade vive de produção de farinha de mandioca, feijão e arroz para subsistência. O couro ecológico (artesanal) é a nova fonte de renda, durante a visita é possível conhecer todo processo de transformação do látex em produtos ecologicamente correto. O passeio segue por mais 3 km até a comunidade de Jamaragua uma das menores da Floresta Nacional de Tapajós. Retorno para Alter do Chão, traslado para o hotel.
 
5º Dia – Alter Do Chão – Santarém / Origem
Café da manhã no hotel e check out, em horário predeterminado saída para traslado para o Aeroporto de Santarém com destino a cidade de origem.


Quer realizar essa viagem?
Enviaremos o seu orçamento o mais rápido possível.
Entre em contato com a nossa equipe pelo formulário abaixo ou pelo e-mail:
comercial@ciaeco.tur.br


*Os preços estão listados em reais, dólares americanos ou euros (conforme especificação) e estão sujeitos à alterações sem aviso prévio.
A taxa sobre transações/remessas internacionais (IRRF) não está inclusa no valor dos pacotes.
Consulte tarifas especiais para os feriados e datas comemorativas.

Tem dúvidas ou sugestões e quer enviar uma mensagem para nossa equipe? Preencha o formulário abaixo.

 
Nome
Telefone
Telefone 2
E-mail
Como conheceu a Cia Eco?
Selecione
Mensagem
Desejo receber promoções e novidades da Cia Eco
Digite os caracteres da imagem
 
CAPTCHA
Change the CAPTCHA codeSpeak the CAPTCHA code