EN PT
+55 11 5571-2525

Pacotes de viagens para Japão com especialistas

Conhecido como a "Terra do Sol Nascente", o Japão é um país situado no extremo leste da Ásia, que passou grande parte da sua história fechado para o resto do mundo. Quioto, a antiga capital, foi salva dos bombardeios da Segunda Guerra Mundial e conserva cerca de 1700 templos budistas e 300 santuários xintoístas como testemunhas dos seus 11 séculos de história.

Quatro grandes ilhas representam 97% da área terrestre nacional: Honshu, Hokkaido, Kyushu e Shikoku. Além dessas, cerca de 6 mil ilhotas constituem o país que está entre as 10 maiores populações do mundo, embora mais da metade de sua superfície seja inabitável, ocupada por florestas, vulcões e montanhas. O pico mais alto também é considerado um dos símbolos do país: o “Fuji San”, como é carinhosamente tratado pelos habitantes das ilhas, ou Monte Fuji, com 3.776 metros de altitude.

Localizado no Círculo de fogo do Pacífico, há oitenta vulcões ativos no país que representam uma importante fonte de turismo. Os estrangeiros são atraídos também pelas construções consideradas patrimônios mundiais pela UNESCO, incluindo o Castelo de Himeji e os monumentos históricos da antiga Quioto. Já o turismo doméstico é alavancado principalmente por jovens que visitam a Tokyo Disneyland ou a Torre de Tóquio, aproveitando a excelente infra-estrtura de transporte que permite viagens eficientes e rápidas, com destaque à extensa rede ferroviária e aos voos domésticos.

A cultura japonesa mescla a tradição chinesa com incluências européias e norte americanas. A maioria da população segue as religiões budista e xintoísta, e mais de 99% da população fala o japonês como primeira língua. O inglês também é difundido nas escolas públicas e privadas, embora o sotaque carregado dificulte a compreensão daqueles que gentilmente tentam se comunicar com os visitantes estrangeiros. As manifestações culturais deste país já nos são bastante familiares tais como a cerâmica, os bonsais e ikebanas, os mangás e animes, a cerimônia do chá e a deliciosa culinária.

No entanto, nada melhor do que conhecer de perto e vivenciar os costumes deste país que, apesar de depender em 80% de países estrangeiros para o suprimento de energia e insumos alimentícios, consegue se manter único e incrível.

Saídas regulares

Japão - Guia em espanhol - 9 dias

Tóquio, Hakone, Quioto, Nara
Saídas as segundas e quartas-feiras até março de 2020
Pagamento em 10x
Valor a partir de
US$ 2.195,00 parte terrestre
Validade: março de 2020

Japão Essencial - Guia em espanhol - 10 dias

Osaka, Nara, Quioto, Shirakawago, Takayama, Gero, Tsumago, Hakone, Tóquio
Saídas em datas específicas até março de 2020
Pagamento em 10x
Valor a partir de
US$ 2.837,00 parte terrestre
Validade: março de 2020

Alpes do Japão - 10 dias

Tóquio, Matsumoto, Hakone, Vale de Kisa, Tsumago, Takayama, Shirakawago, Quioto, Osaka
Saídas em datas específicas
 
Consulte valores com nossa equipe

Japão - Privativo - 13 dias

Tóquio, Hakone, Takayama, Kanazawa, Quioto, Monte Koya, Hiroshima, Miyajima, Osaka
Saídas diárias até novembro de 2019
Pagamento em 10x
Valor a partir de
US$ 8.180,00 parte terrestre
Validade: novembro de 2019

Japão - 14 dias

Osaka, Quioto, Takayama ou Gero, Shirakawa-go, Hakone, Tsumago, Tóquio, Nagoya, Toba, Ise, Kumano, Nachi-Katsuura
Saídas em datas específicas até março de 2020
Valor a partir de
US$ 4.661,00  parte terrestre
Validade: março de 2020

Japão Eclético - 14 dias

Tóquio, Takayama, Kanazawa, Shirakawa-go, Hiroshima, Ilha de Miyajima, Quioto, Osaka
Saídas diárias
 
Consulte valores com nossa equipe

Destinos conjugados

Japão e Coréia do Sul - 12 dias

Tóquio, Hakone, Quioto, Osaka, Seoul

 
Consulte valores com nossa equipe

Japão e China - 17 dias

Tóquio, Monte Fuji, Hakone, Kyoto, Beijing, Xian, Shanghai

 
Consulte valores com nossa equipe

Viagem em grupo

Japão Sakura - Florada das Cerejeiras - 15 dias

Tokyo, Hiroshima, Naoshima, Kyoto, Hakone
Saída especial: 28/03/20 com Michiko Okano
Guia em português
Valor a partir de
US$ 16.320,00  parte terrestre
Validade: março de 2020

Japão - Florada das Cerejeiras - 17 dias

Osaka, Hiroshima, Nara, Quioto, Shirakawago, Takayama, Tsumago, Kawaguchiko, Hakone e Tóquio
Saída especial: 01/04/20
Guia brasileiro
Valor a partir de
US$ 8.197,00 aéreo + terrestre
Validade: abril de 2020

Japão Tradicional - 17 dias

Dubai, Tóquio, Quioto, Nara, Osaka, Hiroshima, Miyajima, Nagoya, Takayama, Shirakawago, Hakone, Monte Fuji
Saídas em datas específicas
 
Consulte valores com nossa equipe

Gastronomia da Coréia e Japão - 18 dias

Seoul, Kagoshima, Minami Aso, Beppu, Matsuyama, Dogo Onsen, Kochi, Takamatsu, Naoshima, Tokushima, Kobe, Osaka
Saída especial: 11/05/20
Valor a partir de
US$ 8.450,00 aéreo + terrestre
Validade: maio de 2020

Japão e China - 20 dias

Tóquio, Hakone, Quioto, Pequim, Xian, Xangai, Hong Kong.
Saídas especiais:18/03, 20/03 e 08/04/20
Guia brasileiro
Valor a partir de
US$ 10.325,00 aéreo + terrestre
Validade: abril de 2020

Grande viagem ao Oriente - 25 dias

Tóquio, Hakone, Quioto, Pequim, Xian, Xangai, Hong Kong, Bangkok e Cingapura
Saídas especiais: 18/03, 20/03 e 08/04/20
Guia brasileiro
Valor a partir de
US$ 11.625,00 aéreo + terrestre
Validade: abril de 2020
*Os preços nessa página – a partir de – estão listados em reais, dólares americanos ou euros (conforme especificação).
A taxa sobre transações/remessas internacionais (IRRF) não está inclusa no valor dos pacotes.
A tabela completa com todos os valores, de acordo com o período da viagem, encontra-se disponível em cada roteiro. Clique no título para visualizar todas as informações.
Os preços estão sujeitos à alterações sem aviso prévio. Consulte tarifas especiais para os feriados e datas comemorativas.


Principais Atrações

Hokkaido: na extremidade norte do arquipélago, é a segunda maior ilha do Japão, situado a 9h de Tóquio pelo trem expresso, ou a 1h15 de avião. Apresenta uma grande beleza natural, uma flora e fauna de grande originalidade. Sapporo é a sede do governo da ilha e tornou-se internacionalmente famosa com a realização das Olimpíadas de Inverno, em 1972. As principais atrações são a centenária Universidade de Hokkaido, os Jardins Botânicos com grandes coleções de todos os tipos de plantas, o Museu Histórico de Hokkaido, com muitos objetos dos primeiros habitantes da região, e a Avenida O-dori, com a torre de TV que se eleva a uma altura de 147 m. Jozankei, a uma hora de ônibus da Estação de Sapporo, é a mais próspera estação hidrotermal nas vizinhanças que no inverno oferece pistas de esqui. Na extremidade oriental de Hokkaido fica o Parque Nacional de Akan, com grandes vulcões e os lagos vulcânicos de Akan, Kussharo e Mashu, cuja profundidade é de 41,6m, um recorde no mundo. Noboribetsu, a 1h30 de Sapporo por trem expresso é a maior estação hidrotermal em Hokkaido.

Tohoku (Honshu Nordeste): é uma área rica em belezas panorâmicas e parques nacionais, com clima sempre fresco nas áreas mais altas. O Lago Towada, de origem vulcânica, é conhecido por suas águas claras e profundas e pelas várias fontes hidrotermais nos arredores. Já o Monte Zao consiste em um vulcão extinto situado no Parque Seminacional de Zao, local favorito de alpinistas e esquiadores. Sendai, que fica a 2 horas de Shinkansen (trem bala) de Tóquio, é a capital da província de Miyagi, constituindo-se em centro cultural, político e econômico de toda a região. O Tanabata, ou o festival das estrelas, realizado lá entre 6 e 8 de agosto de cada ano, é um dos maiores acontecimentos do Japão. Tóquio, a capital do Japão, também se situa nesta região. Nikko é conhecida por suas maravilhas arquitetônicas e sua beleza panorâmica. O Parque Nacional Fuji-Hakone-Izu, tem como atração principal o famoso Monte Fuji. Hakone, no centro do parque, é famosa por 12 fontes termais e numerosos locais históricos encravados entre o Monte Fuji e a Península Izu.

Chubu (Honshu Central): possui muitas montanhas altas e rios de curso rápido, desaguando no Oceano Pacífico ou no Mar do Japão. O ponto de partida para o conhecimento da região é a cidade de Nagoya, a 4ª maior do país. A histórica cidade de Shizuoka é o ponto central para duas das maiores atrações naturais do Japão - os parques nacionais de Fuji-Hakone-Izu e dos Alpes do Sul, que oferecem lazer ao ar livre e abundantes águas termais. Na província de Ishikawa está Kanazawa, famosa por ser a cidade-castelo dos Maedas (séculos 16 - 19). No coração da cidade encontra-se o famoso Parque Kenrokuen construído em 1822, um dos três mais belos jardins do Japão. Takayama é outra cidade antiga com ruínas de castelos, cheia de tranqüilidade com excelente vista dos Alpes Japoneses. É conhecida pela Festa de Takayama, 14-15 de abril e 9-10 de outubro.

Shikoku: lá está o Parque Ritsurin, um dos mais belos jardins japoneses. Outra atração é o Mar interior de Seto, um parque nacional composto de numerosas ilhas, belas praias e planaltos costeiros com uma linda vista para o mar calmo, comprimido entre as ilhas principais de Honshu, Shikoku e Kyushu.

Kyushu: Fukuoka é porta de entrada da ilha pelo lado norte, a 1h45 de avião de Tóquio, ou cerca de 6h de Shinkansen. Suas principais atrações são suas paisagens, o clima subtropical e produtos especiais como tecidos de seda. Na costa ocidental fica Nagasaki, rica em relíquias históricas religiosas, como o templo Xintoísta de Suwa e a Catedral Católica de Urakami. No centro da ilha localiza-se a província de Kukamoto, cuja grande atração turística é o castelo de mesmo nome, uma das construções feudais mais importantes do país. A Estação hidrotermal de BEPPU, situada na costa oriental, é um local internacionalmente famoso devido às suas inúmeras fontes de águas termais. Já a Província de Kagoshima foi a porta de entrada por onde chegaram os primeiros comerciantes e missionários vindos da Península Ibérica. A 1h20 de lá está a pequena cidade de Chiran, um tranqüilo povoado onde se conservam, até hoje, muitas residências de samurais. Alguns de seus jardins japoneses estão abertos à visitação.

Dicas

Documentação: Para solicitar o visto de turista, o brasileiro deve ter passaporte com validade de pelos menos 6 meses e consultar o consulado japonês em São Paulo (www.sp.br.emb-japan.go.jp) ou no Rio de Janeiro (www.rio.br.emb-japan.go.jp).

Idioma: japonês

Moeda: iene. Para ter uma idéia do valor do câmbio, você pode consultar: www.cotacao.com.br.

Embaixada do Brasil em Tóquio: 11-12, Kita-Aoyama 2-Chome, Minato-Ku; tel.: 81/3/3404-5211, www.brasemb.or.jp

Fuso horário: + 12 horas em relação ao horário de Brasília. 

Comunicação: ligações a cobrar para o Brasil através de 0053 9551, 004 411 551 ou 006 655 055 (Embratel) e 0034 811 515 (Telefônica - válido apenas para São Paulo). DDI: 81 (Japão); 3 (Tóquio); 75 (Kioto).


Melhor Época

Os melhores períodos para se visitar o Japão são a primavera, entre os meses de março a maio, e o outono, de setembro a novembro.

Na primavera, as cerejeiras florescem e, no outono, as árvores ganham um colorido vermelho-dourado, apresentando paisagens espetaculares. É também a estação da colheita, de muitos festivais, encontros esportivos e culturais.

O verão se inicia em junho com a chegada da estação de chuvas e dias quentes e úmidos. Coincide com o período de férias, quando as praias e montanhas ficam congestionadas de pessoas. Mas há também muitas festas populares e a prática de caminhadas e escaladas, como a do monte Fuji.

Com exceção do extremo norte do país, o inverno não é tão severo como na Europa ou na costa leste dos Estados Unidos. Em geral, apresenta um ar suave e seco, mas no nordeste japonês, bem como nas regiões montanhosas, a neve éabundante. Esqui e patinação e estações de águas termais podem ser desfrutados. 

Viajante Cia Eco

Paulo Amendola Oi Hayla.
A viagem foi ótima, o sudeste asiático me surpreendeu agradavelmente.
Primeiramente, a Tailândia é muito mais organizada e estruturada do que eu pensava. Os templos são muito bonitos, a comida é sensacional, leve, saborosa