EN PT
+55 11 5571-2525

Pacotes de viagens para Reino Unido com especialistas

O Reino Unido é um país formado pela Irlanda do Norte e pela Grã-Bretanha, que é composta por Inglaterra, Gales e Escócia. A capital é a famosa Londres, onde estão os principais museus, a torre do Big Ben e o palácio Buckingham. Porém, os quatro destinos reúnem uma diversidade cultural incomparável, cada um deles tem tradições e costumes muito próprios. No território das ilhas britânicas a natureza é exuberante, as paisagens são únicas. Tudo isso combinado com uma história incrível que mistura diferentes tribos, vikings, celtas e romanos.

Destinos conjugados

Islândia e Escócia - 13 dias

Edimburgo, Stirling, Castelo de Stirling, Lago Lomond, Castelo Eilean Donan, Ilha de Skye, Lago Ness, Reykjavík , Lagoa Azul , Aurora Boreal, Círculo Dourado , Grande Gêiser, Thingvellir , Costa Sul
 
Consulte valores com nossa equipe
*Os preços nessa página – a partir de – estão listados em reais, dólares americanos ou euros (conforme especificação).
A taxa sobre transações/remessas internacionais (IRRF) não está inclusa no valor dos pacotes.
A tabela completa com todos os valores, de acordo com o período da viagem, encontra-se disponível em cada roteiro. Clique no título para visualizar todas as informações.
Os preços estão sujeitos à alterações sem aviso prévio. Consulte tarifas especiais para os feriados e datas comemorativas.


Principais Atrações

A Irlanda, é uma grande ilha situada a oeste do Reino Unido, mais precisamente, a noroeste da Europa, subdividida em República da Irlanda e Irlanda do Norte. Terra da cervejaria Guinness, com 250 anos de história, repleta de festas típicas, festivais de música e tradição.

Conhecida por sua famosa capital Dublin e por seu povo alegre e acolhedor, a Irlanda é um destino fascinante e envolvente por possuir também lindas e deslumbrantes paisagens, meio ambiente muito bem conservado, rios e grandes lagos, famosos pub’s, castelos, palácios, museus, galerias, entre tantos outros atrativos.

A visita ao lugar está imbuída de muita história e cultura, permeada pela invasão dos Vickings no século VIII, pela expulsão destes pelos celtas, longos anos depois e, sucessivamente, pelo aporte dos normandos na região. Atualmente, a Irlanda é o último reduto do mundo celta na Europa, detém a quinta melhor renda per capita do mundo e o quinto lugar no ranking mundial do IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) com elevado nível de qualidade de vida.

Assim, pode-se dizer que se trata de um país mágico, repleto de mistérios, histórias, contos de nobreza, lições de bravura e heroísmo. Recentemente, o país tem sido um destino bastante procurado também pelos adeptos de esportes, como o ciclismo, hipismo, caminhadas e, principalmente o golfe, pelo fato de ser líder no número de campos na Europa.

A pequena ilha da Grã-Bretanha é cheia de formações geológicas extraordinárias, de enseadas e costas encarpadas a montanhas fossilizadas. Aqui vão 10 lugares imperdíveis:

As agulhas, Ilha de Wight, Inglaterra
Esta paisagem no oeste da pequena Ilha de Wight é formada por três rochedos calcificados e serrilhados, que receberam o nome de "The Needles" (As Agulhas). Antes os rochedos eram parte da ilha, mas a erosão fez com que se separassem da costa. A melhor vista dos 'Needles' está no Needles Old Battery um forte vitoriano preservado pela National Trust, construído para proteger a Grã-Bretanha de invasões. Em dias claros, o contraste entre o branco das pedras, o azul das àguas e o céu sem fim é simplesmente espetacular.
Você sabia? Nenhum dos rochedos existentes hoje são de fato parecidos com uma agulha. O nome surgiu quando ainda exisitiam duas outras rochas, estas sim, verdadeiras 'agulhas'. Infelizmente uma tempestade fez com que esta parte do rochedo caísse no mar em 1764.

Malham Cove, norte de Yorkshire, Inglaterra
A famosa paisagem de Malham Cove é formada por um penhasco de calcário com 80 metros de altura. A transformação geológica foi causada por água de fusão no fim da Era do Gelo. No topo do penhasco há um pavimento de calcário, resultado do escoamento das geleiras, que acabou por construindo uma calçada natural de pedras excelente para caminhada. A região de Yorkshire vista do topo desta colina é fantástica.
Você sabia? Malham Cove aparece em Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte 1.

Costa Jurássica, leste de Devon e Dorset, Inglaterra
Nas regiões de Dorset e leste de Devon fica uma bela e famosa paisagem conhecida como Jurassic Coast , em português, Costa Jurássica. Foi a primeira área natural listada como patrimônio da humanidade. A costa jurássica possui 95 milhas de extensão, ou seja, mais de 150 quilômetros de linha costeira única e exuberante. O que torna este lugar tão especial é a forma perfeita com que os penhascos expõem sua própria história geológica. A costa jurássica é considerada pelos especialistas como uma "cápsula do tempo", repleta de amostras contínuas dos períodos Triássico, Jurássico e Cretáceo. Ao caminhar pela costa jurássica, você volta cerca de 185 milhões de anos atrás na história do planeta Terra e tem a chance de ver formações rochosas impressionantes, como o famoso arco rochoso Durdle Door, próximo a Lulworth.
Você sabia? A banda que ficou no topo das paradas britânicas nos anos 80, Tears for Fears, gravou o videoclipe da música "Shout" em Durdle Door.

Desfiladeiro Cheddar, Somerset, Inglaterra
O maior desfiladeiro da Grã-Bretanha se formou com a ajuda de fortes correntes d'água que vinham das geleiras, mais de 1 milhão de anos atrás. O resultado deste processo foi a formação de uma série de penhascos íngremes que cortam a paisagem do interior em dois. Na base do desfiladeiro, uma caverna com formações rochosas diferentes, porém belíssimas e um rio subterrâneo. Já no topo, o lugar perfeito para quem gosta de caminhadas e trilhas em meio à paisagem, ou para a prática de esportes radicais, como escalada.
Você sabia? O nome do desfiladeiro veio do Cheddar Man, o primeiro esqueleto completo encontrado na Grã-Bretanha. Sabe onde? Dentro de uma das cavernas do desfiladeiro.

Falésias Seven Sisters, Sussex, Inglaterra
A costa sul da Inglaterra é famosa por seus penhascos de calcário à beira-mar e a linha costeira de cor branca virou um dos ícones naturais mais conhecidos da Grã-Bretanha. que dão cor branca à linha costeira. Um dos mais penhascos mais icônicos é o Seven Sisters , 'Sete Irmãs' em português, localizado na costa de Sussex. Para ter a vista 'clássica' das fotos, siga para Seaford Head, de onde é possível ter um panorama completo dos penhascos brancos. Além da beleza, os penhascos possuem uma grande importância histórica para os britânicos: serviram de escudo protetor para incontáveis tentativas de invasão pelo mar.
Você sabia? Os famosos penhascos aparecem no filme Robin Hood, com Russel Crowe.

Pedras de Brimham, norte de Yorkshire, Inglaterra
Um amontoado de pedras incrivelmente equilibradas que fascina visitantes a séculos. As Brimham Rocks, ou Pedras de Brimham, surgiram após milhares de anos de erosão. Cada pedra ganhou um nome que, ao menos teoricamente, reflete seu formato; The Watchdog (cão de guarda), The Sphinx (Esfinge), The Turtle (tartaruga), The Dancing Bear (urso dançante) e The Camel (camelo). O local de Brimham Rocks é monitorado pela National Trust e fica aberto o ano inteiro.
Você sabia? Os primeiros observadores de Brimham Rocks acreditavam que as pedras haviam sido esculpidas por druídas.

Calçada dos Gigantes, Antrim, Irlanda do Norte
A Giant's Causeway (Calçada dos Gigantes) é com certeza uma das formações geológicas mais famosas e intrigantes da Grã-Bretanha e se localiza na acidentada costa de Antrim, Irlanda do Norte. A Giant's Causeway é composta por 40 mil colunas de basalto preto em formato poligonal, que ficam lado a lado umas das outras. O alinhamento e a forma das colunas são tão perfeitos que é realmente difícil acreditar que a natureza criou tudo aquilo sozinha. Não é a toa que a lenda do lugar diz que é uma obra de gigantes. Lendas à parte, a paisagem das colunas de basalto emergindo do mar é de fato espetacular e prova disso é a inclusão da Giant's Causeway na lista de patrimônios mundiais da UNESCO.
Você sabia? As lendas são parte importante tanto da cultura da Irlanda do Norte quanto da Escócia, ambos países do Reino Unido, separados pelo mar da Irlanda. Diz-se que a calçada foi construída por um gigante irlandês chamado Finn McCool, que queria cruzar o mar para uma batalha contra seu rival escocês, o gigante Benandonner.

Caverna de Fingal, Ilha de Staffa, Escócia
Saindo da Calçada dos Gigantes e cruzando o mar da Irlanda em direção à Escócia, você encontra a Fingal’s Cave, ou caverna de Fingal, uma caverna marinha na ilha de Staffa, que faz parte das ilhas Inner Hebrides, costa oeste da Escócia. A caverna de Fingal foi formada pelo mesmo processo que deu origem à Calçada dos Gigantes: o fluxo da lava de um vulcão. Esta caverna já inspirou vários artistas e escritores ao longo dos anos. Sir Walter Scot disse que o lugar "não permite qualquer descrição". Já Felix Mendelssohn compôs Hebrides Overture após ouvir os diferentes sons que ecoavam pela caverna, causados pela água. É possível visitar a ilha de Staffa de barco.
Você sabia? O nome Fingal’s Cave deriva do gaélico, Uamh-Binn, e significa "caverna da melodia".

Península de Trotternish, Ilha de Skye, Escócia
As penínsulas da remota Ilha de Skye , na Escócia, tem uma geologia espetacular, principalmente na parte norte da ilha. Dizem que as mais belas paisagens das Terras Altas da Escócia estão justamente na Ilha de Skye. Para explorar as maravilhas naturais do lugar, pegue a estrada que passa pela costa leste da ilha e logo você verá a estranha formação Old Man of Storr (o velho de Storr), no topo das montanhas, composta por um monolito de basalto com 49 metros de altura. Os moradores de Skye certamente vão lhe contar a lenda dos gigantes por trás das enormes pedras. Seuindo em frente, você vai encontrar outra enorme montanha repleta de picos pontiagudos chamada Quiraing, uma paisagem única, muito associada aos cenários descritos por J. R. R. Tolkien em "Senhor dos Anéis". Belíssimo. Foi em meio a este lugar que o herdeiro do trono britânico, Bonnie Prince Charlie (cujo nome real era Charles Edward Stuart) se escondeu das tropas do governo após a Batalha de Culloden, em 1746.
Você sabia? A península de Trotternish também é lar para uma das mais deslumbrantes formações geológicas de Skye, o Kilt Rock (Rocha do Kilt). Na costa da ilha, o Kilt Rock forma um penhasco de basalto hexagonal, que recebeu este nome por lembrar o famoso traje escocês.

Glyder Fach and Glyder Fawr, Snowdonia, norte de Gales
Estas duas palavras em galês dão nome a duas montanhas localizadas em um dos cenários mais dramáticos da Grã-Bretanha: Snowdonia, no País de Gales. Com 994 metros de altura, a montanha de Glyder Fach é coroada com a famosa cantilever rock, uma pedra que se equilibra na horizontal e é o ponto perfeito para uma foto dos escaladores. Já o topo escarpado da montanha Glyder Fawr, de 1.001 metros de altura, é forrado por pedras quebradas e lascas de rocha, posicionadas de forma a lembrar lápides antigas. Pura obra da natureza.

Fonte: www.visitbritain.com/pt/